• begoodmust

20 conselhos para proteger a sua casa durante as férias

Na data em que se assinala o primeiro dia do verão de 2022, e num período que se pode considerar de “pós-pandemia”, o que significa mais movimentação de pessoas, a COPS, Companhia Operacional de Segurança privada portuguesa, alertou para os perigos de assaltos a imóveis durante as férias e sugeriu 20 conselhos sobre como se poderá proteger.

Portugal apesar de ser considerado o quarto país mais seguro do mundo, segundo o Relatório Anual de Segurança Interna de 2021 (RASI), é uma das nações da Europa com mais elevada taxa de furtos a habitações. O número total de participações criminais, em 2021, foi de 301.394, mais 2597 ocorrências que em 2020, a que corresponde a variação de +0.9%. Dessas participações criminais, 50,2% são crimes contra o património, sendo que, dentro desta percentagem, o furto em residência com arrombamento, escalamento ou chaves falsas é de 5,6%.


1. As redes sociais são dos maiores fenómenos dos últimos anos, mas com elas trazem também muitos perigos, daí que o primeiro conselho seja: não publicar informações das férias nas redes sociais. Não refira que irá de férias, mesmo que seja bastante tentador, pois ao fazê-lo estará a anunciar a sua ausência a um potencial ladrão que o siga no mundo digital.


2. O segundo ponto trata de um “check-up” às fechaduras e isto é algo que poderá fazer assim que terminar de ler este artigo, pois ao verificar a fechadura, estará a reforçar a segurança da sua casa quando estiver fora.


3. O próximo conselho vem no seguimento do acima referido, isto é, feche sempre a porta à chave, seja do seu imóvel, como do seu carro que poderá deixar na rua ou até mesmo no quintal dentro dos portões.


4. Ainda sobre o carro, peça a uma pessoa próxima que o vá mudando de local, de modo a não estar sempre parado no mesmo sítio. A ideia é fazer com que o assaltante pense que está em casa ou pelo menos nas redondezas.


5. Deixar objetos de valor visíveis do exterior da casa é um chamariz para os ladrões e aumenta, sem qualquer dúvida, o interesse de um potencial assaltante. Tente esconder, ao máximo, os seus pertences mais valiosos.


6. Antes de sair de casa para as suas tão desejadas férias, não se esqueça de fazer uma ronda pela casa e verificar que todas as portas e janelas estão minuciosamente encerradas.


7. É igualmente importante fazer com que o assaltante ache que a casa está habitada. Para isso, funcionaria um sistema automático que acenda as luzes durante a noite e, também, durante o período diurno.


8. Outro ponto que poderá dissuadir quaisquer malfeitores será desviar as chamadas do telefone fixo para o telemóvel, pois a ausência de resposta pode significar a ausência de pessoas.


9. Evite ter uma rotina fixa de horários de entrada e chegada a casa, de modo a evitar a monitorização dos seus hábitos.


10. É importante assegurar que haja uma fonte de luminosidade exterior em frente à casa.


11. Um sistema de alarme ou videovigilância fará com que muitos assaltantes pensem duas vezes antes de tentarem o que quer que seja. Não se esqueça de o acionar quando sair para férias e garanta que o mesmo só possa ser desligado de dentro de casa.



12. Em caso de ausência prolongada, peça a um vizinho de confiança ou a uma pessoa próxima de si que vá a sua casa e mostre sinais de utilização do imóvel, abertura de persianas durante o dia, luzes acesas, etc.


13. Caso as suas janelas sejam de fácil acesso, recomendamos que recorram a dobradiças bem cravadas e invisíveis do exterior, assim como fechaduras interiores.


14. Avise as autoridades da sua área de residência que estará ausente, de modo a que haja uma possível tendência de maior patrulha nessa zona do concelho.


15. Peça a um vizinho que recolha a sua correspondência. Caixa de correio cheia é sinal de ausência.


16. Um cão de grande porte ajuda a dissuadir os amigos do alheio ou, caso não tenha essa possibilidade, basta uma placa de aviso “Cuidado com o cão” que já ajuda a implementar a dúvida.


17. Apare o seu jardim antes de sair. Um arbusto de grandes dimensões pode ser o esconderijo perfeito.


18. Aplique sensores de movimento na zona exterior da casa.


19. Na eventualidade de o ladrão conseguir, efetivamente, entrar em sua casa, dificulte ainda mais a sua tarefa ao guardar os pertences mais valiosos num cofre ou até em casa de um parente.


20. Mais uma vez, e porque já passámos para a fase do ladrão dentro de portas, tire os números de série de todos os seus equipamentos eletrónicos mais valiosos. Isto fará com que seja mais fácil rastrear o aparelho em caso de furto.


#itmustbegood#must #ferias #verao #assaltos #segurança #casasegura #COPS #CompanhiaOperacionaldeSegurança #segurançaemcasa