top of page
  • Foto do escritorbegoodmust

A Maternidade Não é Para Meninos

Neste livro A Maternidade Não é Para Meninos, Inês Leitão, que se considera uma mãe em construção, conta a sua experiência e dá dicas de como sobreviver a um pós-parto, um período maravilhoso e simultaneamente muito complexo na vida de uma mulher. Este livro, que a Oficina do Livro agora edita, conta ainda com a colaboração de Raquel Robalo Fernandes, especialista em ginecologia e obstetrícia.



Ter um filho é uma jornada extraordinária e única, mas também dura, com constantes provas de entrega, esforço e superação. Uma das etapas mais delicadas nesta viagem é a do pós-parto, com tudo o que envolve de desequilíbrios hormonais, transformações físicas e emoções ao rubro. Na maior parte dos casos, ultrapassamos esse período sem memória de como era a nossa vida antes de trazermos ao mundo o ser minúsculo e mágico que ocupou a nossa barriga durante nove meses para nos ocupar o coração para sempre. No entanto, o pós-parto pode tornar-se um buraco negro para o qual somos puxadas logo depois do nascimento do bebé ou uma espécie de casulo onde nos refugiamos até ao dia em que a luz finalmente irrompe e a normalidade regressa.

O pós-parto não é um conto de fadas. Se for bem preparado e gerido, também não tem de ser um pesadelo. Não existe fórmula mágica que anule as dores, inseguranças e incertezas próprias dessa fase, mas há experiências, partilhas e conselhos que podem torná-la mais leve e com menos sofrimento. É o que pretende o presente testemunho de uma mãe, com a ajuda de uma médica. Porque a maternidade não é mesmo para meninos, este livro é como uma mão estendida a todas as mulheres que acabaram de ser mães ou estão prestes a sê-lo.


Bình luận


bottom of page