• CarlaRibeiro

A Senhora das Águas

É o primeiro livro da trilogia de ficção que Pedro Siqueira dedica a Nossa Senhora. O autor bestseller regressa à escrita com um romance que conduz o leitor nos caminhos da fé e da coragem, abordando questões existenciais e profundas da espiritualidade.

A Senhora das Águas, de Pedro Siqueira, Editora Pergaminho; € 16,60

Através de uma protagonista carismática, ateísta, o escritor aborda assuntos profundos da espiritualidade, mantendo uma escrita próxima do leitor.

Colocando a personagem central – Gabriela – em duras situações de perda e sofrimento, e conduzindo-a no confronto com questões filosóficas e existenciais, que a levam numa peregrinação a Lourdes, em busca de cura, o autor bestseller mostra como a reflexão, a fé e a serenidade impelem a coragem e a tenacidade, revelando como as maiores provações se podem tornar as maiores bênçãos.


Uma grave doença está a alastrar-se pelo seu corpo

Gabriela, psicóloga com uma vasta experiência clínica, considerou sempre a religião uma ilusão da mente, uma crendice. Quando a mãe adoece, Gabriela torna-se próxima do capelão do hospital, o padre José, mais por uma questão de apoio do que por uma questão de fé. Após o falecimento da mãe, Gabriela mantém contacto com o sacerdote; o facto de ele não procurar convertê-la faz com que confie nele. Contudo, passado pouco mais de um mês, a psicóloga recebe uma notícia devastadora: uma grave doença está a alastrar-se pelo seu corpo. Como conseguirá lidar com a mente dos seus pacientes se a sua parece já não funcionar? Ao revelar o caso ao padre José, Gabriela recebe um conselho: viajar para Lourdes, uma cidade famosa pelos milagres de cura. Mesmo sem a mínima confiança ou força de vontade, ela decide partir em peregrinação. É nessa jornada que Gabriela começa a relembrar toda a sua vida desde a infância, e assim emergem muitas questões filosóficas e existenciais. Sem saber o que a aguarda no destino, ela sente que uma presença poderosa a acompanha e que lá, talvez, possa encontrar as respostas para as dúvidas que lhe afligem a alma.


«A hora da minha morte! Quando seria? Estaria muito próxima? Existiria alguma hipótese de escapar? Como tinha pouco mais de quarenta anos, nunca me preocupara com esse tema. Preferia continuar sem me preocupar, mas não era possível.»

#must #revistamust #itmustbegood #ASenhoradasÁguas #PedroSiqueira #EditoraPergaminho #Literatura #Romance #doença #morte #livro #book #lovebooks #ler #leitura @it.must.be.good