• CarlaRibeiro

Ajude a Fundação AFID a ajudar quem mais precisa

Sob o mote “Vamos continuar a ajudar quem mais precisa”, a Fundação AFID apela a todos os que possam contribuir ou ajudar. A Fundação AFID é uma instituição particular de solidariedade social que opera no concelho da Amadora.   



A Fundação AFID Diferença, instituída pela AFID - Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa com Deficiência -, apela à ajuda da comunidade. Face à inflação de alguns produtos - máscaras, desinfetantes para as mãos, lixívia, batas descartáveis, luvas, fatos de macaco descartáveis, óculos de proteção. Poderá contribuir fazendo um donativo e também doando todo o material de proteção necessário para que os clientes e colaboradores possam continuar a estar em segurança nesta fase.

A AFID mantém alguns dos seus serviços abertos de forma a conseguir dar apoio aos clientes e à comunidade. Com sede na Amadora, a Fundação continua, neste momento, a ter em funcionamento “a Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI), o Lar Residencial (LR) e o Serviço de Apoio Domiciliário (SAD)”, e a partir da próxima semana as Creches do CRZ, Venteira e Geração. No SAD apoiamos 139 pessoas, 63 idosos na ERPI, 36 clientes no LR e contamos para prestar estes serviços com cerca de 150 colaboradores”, explica a Diretora da Ação Social e do Lar Residencial da Fundação AFID Diferença, Ana Cristina Fernando, antes de especificar o que tem vindo a ser feito nas últimas semanas. Foi depois necessário gerir emoções, medos e a ansiedade das pessoas. Não só dos colaboradores, como também dos clientes e famílias. No caso do LR, estamos a falar de jovens com deficiência intelectual, em que é preciso explicar-lhes o que é uma pandemia e que restrições é que temos de ter na nossa vida, por que razão é que não vão para casa dos seus familiares e porque é que não podem expressar as suas emoções. Estamos a falar de pessoas que se expressam através de emoções – abraços, beijos. E é muito dizer-lhes que neste momento não o poderão fazer”, acrescentou, destacando que quando começarem a ser revistas as medidas de quarentena e recomeçarem as atividades nas diversas respostas, passarão a ter cerca de 230 colaboradores em funções para apoiar 1500 clientes. Numa altura em que todas as ajudas são bem-vindas, a diretora da Ação Social e do Lar Residencial identificou uma situação que revela dificuldades face aos equipamentos de proteção individual, e explica que: “entre o cliente e o colaborador é necessário manter o distanciamento social e precisamos de materiais diariamente”. Estamos a falar de quase 250 clientes e também os nossos colaboradores precisam. Falamos de batas, viseiras, máscaras, luvas, gel desinfetante, álcool, etc. Necessitamos destes produtos às centenas todos os dias”.  A Fundação AFID conta já com o apoio de algumas empresas bem como da autarquia, no entanto, “os custos diários são muitos elevados e, por isso, apelamos à comunidade para nos apoiar na angariação destes equipamentos que mencionámos”, descreve Ana Cristina. Caso queira juntar-se a esta campanha – “ajude-nos a ajudar quem mais precisa” -, saiba como fazer aqui, ou envie um e-mail para este endereço – fundacaoafid@gmail.com! O apelo é feito à comunidade e a quem possa e queira ajudar a Fundação a manter de forma mais suportável os custos diários em equipamento de proteção individual através de um donativo por aqui. Também na página da Fundação AFID Diferença, pode encontrar aqui, a possibilidade de ajudar através da consignação de 0,5% do IRS sem que tenha qualquer custo extra por “ajudar a ajudar quem mais precisa”.

#must #itmustbegood #revistamust  #AFID #Ajuda #solidariedade #Ajudarquemprecisa #teletrabalho #trabalharemcasa #covid19 #pandemia #quarentena #fiqueemcasa #ficaemcasa