• begoodmust

Angola, Missão (Im)Possível

Atualizado: Mai 14

Um livro de José Francisco Rica: “Éramos um contingente destroçado, desmoralizado, enxovalhado, traumatizado, cansado e mal alimentado.”



O autor fez parte do Batalhão de Artilharia 6221/74, que, na sequência da Revolução do 25 de abril de 1974, se deslocou a Angola para assegurar o processo de descolonização até à independência na sequência dos Acordos de Alvor, que reuniu o Estado português e os Movimentos de Libertação. Foi este batalhão, mal preparado e com diretivas pouco concretas, que se veio a confrontar com os múltiplos problemas da descolonização e que constituiu a Força de Integração de paz que deveria gerir a beligerância dos três Movimentos então em presença: o MPLA, a UNITA e a FNLA.


“Sem mais lugares disponíveis, com a lotação mais que excedida e com as carruagens a abarrotar de gente, assistimos então a cenas de grande desespero, com choro e gritos, tendo mesmo visto gente a agarrar-se ao comboio para que não os deixássemos para trás.” (…)

Este livro aborda ainda a ponte aérea que se estabeleceu entre Angola e Portugal para o transporte dos milhares de portugueses que então regressaram à metrópole e conta com inúmeros documentos e fotografias da época, além de prefácios do general Joaquim Chito Rodrigues, general Pedro Pezarat Correia e Miguel Pessoa, militar miliciano daquele batalhão.


“O pânico generalizou-se com gritos lancinantes de terror, sobressaindo os choros das crianças em momentos infindáveis de incerteza e desespero. Estava iminente um massacre não só da nossa tropa como da população civil. O que então senti, ainda hoje é indiscritível. Naquele momento, longe de tudo e de todos os que me eram mais queridos, julguei que era o meu fim. E, ali, me despedi da vida.” (…)

#must #itmustbegood #revistamust #angola #missaoimpossivel #portugal #livro #book #ler #leitura #lovebooks #25deabril #caminho #josefranciscorica