• begoodmust

As Doces Receitas da Minha Avó Bertha Rosa-Limpo

A Casa das Letras vai lançar no dia 16 de novembro, este livro de Nuno Alves Caetano, neto da autora de “O Livro de Pantagruel”, considerado por muitos como a «Bíblia» da cozinha portuguesa.



São 170 receitas selecionadas pela avó para um dia virem a constar na obra, mas que nunca entraram na atual edição de 3000 receitas. Delicie-se, pois, com uns Amores de Azeitão, uns Bolinhos para Chá Dona Maria, um Bolo Duquesa, uma Charlotte de Chocolate ou uns Pastéis de Nata à Moda da Bertha Rosa-Limpo (1894-1981), uma senhora da alta burguesia, que não sabia estrelar um ovo quando se casou, mas acabou por se tornar numa das maiores divulgadoras da cozinha em Portugal e autora de um clássico da literatura gastronómica - os chefs Justa Nobre e Ljubomir Stanisic já confessaram que muito aprenderam com a obra.




Bertha Rosa-Limpo (1894 — 1981) foi cantora lírica (atuou nos palcos italianos e portugueses) e uma empresária de sucesso. A menina envergonhada que não sabia cozinhar tornou-se numa compulsiva colecionadora de receitas, que pedia a amigas, restaurantes, em viagens... Na mansão da António Serpa, onde vivia em Lisboa, testava todos os pratos, provados pela famílias, antes de constarem no “Livro do Pantagruel”, editado desde 1946 e que já ultrapassou a 80.ª edição. A partir da 23.ª edição, passou a contar com a colaboração dos filhos, Maria Manuela Limpo Caetano e Jorge Brum do Canto, realizador de cinema, autor de filmes como "A Canção da Terra" e "Chaimite", também ele um excelente cozinheiro.

Mas não se ficou por aqui. Criou a fábrica de cosmética Thaber (anagrama de Bertha), desenvolvidos com produtos naturais, a partir do receituário do seu pai, um oficial da Marinha, dono de uma farmácia em Lisboa. Os leites de limpeza, os batons, as máscaras para pestanas, os rouges e os pós de arroz Thaber eram divulgados pelas figuras mais conhecidas das artes e da moda, como Amália Rodrigues.



“Sendo neto da autora-fundadora, cresci no ‘meio de tachos e panelas’, assistindo às constantes movimentações inerentes às diversas actualizações a que o livro foi sujeito ao longo destes 75 anos, às constantes trocas de impressões sobre as diversas receitas – publicadas e por publicar – bem como desses momentos inolvidáveis que eram o das provas de cada nova receita. Inevitavelmente, comecei, aos poucos, a ter parte activa no processo, passando a figurar como co-autor a partir da 68.ª edição, tendo sido igualmente co-autor, em parceria com a minha Mãe (Maria Manuela) e a minha Irmã (Maria João), da obra ‘O Livro de Pantagruel de Garfo e Faca à Volta do Mundo’, editado em 2012.”


#must#itmustbegood#revistamust #livro #book #casadasletras #livrodereceitas #NunoAlvesCaetano #OLIVRODEPANTAGRUE #BerthaRosaLimpo #livrodereceitas #PANTAGRUELDEGARFOEFACAÀVOLTADOMUNDO #AsDocesReceitasdaMinhaAvóBerthaRosaLimpo