• CarlaRibeiro

As palhinhas compostáveis chegam aos hotéis RIU

Atualizado: 1 de Jun de 2018

A RIU Hotels & Resorts oferecerá palhinhas compostáveis aos seus clientes nos seus hotéis de Espanha e Portugal; e um mês mais tarde fará o mesmo em Cabo Verde. A iniciativa que surgiu do departamento de Compras da cadeia hoteleira e a sua colaboração com o fornecedor Emicela, implica a substituição absoluta de todo o género anterior por estas embalagens mais sustentáveis, com o objetivo de apoiar a poupança de CO2, eliminar resíduos e proteger o ambiente.


As palhinhas compostáveis chegam aos hotéis RIU de Espanha, Portugal e Cabo Verde

Estas palhinhas, que já se podem encontrar nos mais de 35 hotéis RIU nas Canárias, Andaluzia, Baleares, Algarve, Madeira, Ilha do Sal e Boavista em Cabo Verde, são 100% biodegradáveis e, além disso, são sujeitas a compostagem, isto é, degradam-se em contacto com o resto de resíduos orgânicos, tornando-se em composto ou fertilizante. O tempo de degradação varia de acordo com as condições de humidade e temperatura, mas em condições normais pode fazê-lo em 40 dias e sem deixar resíduos visíveis nem tóxicos. Um completo sucesso caso se tenha em consideração que a descomposição de uma palhinha comum demora 300 anos.


“Um completo sucesso caso se tenha em consideração que a descomposição de uma palhinha comum demora 300 anos .”

Para promover o bom uso e a redução do consumo das palhinhas nos bares e restaurantes dos hotéis, a RIU alterou o procedimento do seu uso para o cliente. Desta forma, as palhinhas compostáveis apenas são servidas mediante pedido explícito do hóspede, salvo em alguns cocktails nos quais são necessárias para o seu consumo. Além disso, estamos a promover a utilização de removedores recicláveis e informámos o staff dos bares e restaurantes de que as palhinhas devem ser colocadas no contentor de resíduos orgânicos para a sua posterior compostagem.



A RIU Hotels adianta-se com esta iniciativa ao projeto de lei de Prevenção de Resíduos que espera ser aprovado pelo Governo das Baleares para a eliminação dos artigos descartáveis de plástico e que poderia entrar em vigor a partir do dia 1 de janeiro de 2020. A partir desse momento estará proibido distribuir e comercializar as palhinhas de bebidas de plástico entre outras embalagens do mesmo material.

Em Espanha, são utilizadas mais de 5000 milhões de palhinhas por ano, mas chega aos 1000 milhões por dia a nível mundial. Apesar de parecerem inofensivas e, incluindo, decorativas em alguns cocktails, são consideradas a principal fonte dos detritos marinhos, o que representa 4% dos 8 milhões de toneladas de plásticos eliminados a nível mundial.

#must #revistamust #itmustbegood #riuhotels #palhinhas #bar #cocktail #turismosustentavel #turismo #ambiente #viajar #travel #ecologia #gastronomia #bebidas #drinks #hotels

@it.must.be.good