• CarlaRibeiro

Aviões transformados em hotéis sem turbulência!

Aviões antigos e velhos que já não levantam voo, são agora verdadeiros hotéis, confortáveis e elegantes. Uns têm uma decoração mais prática e funcional, outros mais luxuosos, modernos e excêntricos.

Tem medo de andar de avião? Eis a solução para si! Antigos aviões foram transformados em originais hotéis

Hotel Costa Verde Boeing 727, Manuel Antonio, Costa Rica

Foi um Boeing 727, de 1965, que pertenceu às linhas aéreas sul-africanas e colombianas. Foi todo reconstruído com painéis em madeira de teca e equipado com mobiliário da Indonésia esculpido à mão. Apesar de não ser muito espaçoso,  o conceito de estar “nas alturas” foi mantido: o “hotel” encontra-se empoleirado a cerca de 15 metros acima da selva da Costa Rica. Tem também um terraço coberto e com vista para o mar, onde à noite pode saborear um copo de vinho e observa os seus vizinhos da selva: preguiças, tucanos, macacos e muito mais.

https://costaverde.com/accommodations/727-fuselage-home/

Vliegtuigsuite Teuge, Teuge, Holanda

Era um antigo avião soviético Ilyushin 18 usado pela Alemanha de Leste que foi transformado num original hotel-suite para duas pessoas. Este avião, com capacidade para 120 passageiros, pertenceu à companhia aérea da Alemanha Oriental Interflug. Na Holanda, foi transformado numa verdadeira suíte de luxo:  tem uma banheira de hidromassagem, uma sauna de raios infravermelhos, jacuzzi, pequeno-almoço de luxo, wi-fi e as funcionalidades de uma kitchenette.

https://www.vliegtuighotel.nl/en/

JumboStay Hotel, Estocolomo, Suécia

Este hotel era um antigo Jumbo 747 que está situado mesmo à entrada do aeroporto de Estocolmo. Este gigantesco avião-hostel tem 29 quartos e uma luxuosa suíte privativa na cabine dos pilotos. Disponibiliza os serviços de um bar/cafeteria durante 24 horas na área da primeira classe. Aqui as crianças podem saborear um sumo de frutas enquanto a mãe e o pai, podem saborear um cocktail. o JumboStay tem capacidade para receber 76 hóspedes e todo o pessoal de serviço do hotel está vestido como se de verdadeiras hospedeiras e comissários de bordo se tratassem.

http://www.jumbostay.com/

The Plane Motel,  Otorohanga, Nova Zelândia

Foi um dos últimos aviões aliados do Vietname, este cargueiro Bristol de 1950 serve como estadia para os turistas que praticam rafting e espeleologia na Nova Zelândia. Acomoda quatro pessoas em dois quartos separados, um deles no cockpit e acessível apenas por uma escada.

http://www.woodlynpark.co.nz/

Winvian’s Helicopter Cottage,  Litchfield Hills, EUA

No Estado do Connecticut, o Winvian Resort disponibiliza o helicóptero Sikorsky Sea King Pelican HH3F 1968, de sete toneladas, dentro de uma casa de campo, que dá ao local a aparência de um hangar. Meticulosamente restaurado, Sea King Pelican que serviu a Guarda Costeira americana tem uma kitchenette, uma sala de televisão e um bar, de modo a que os hóspedes possam imaginar que estão a desfrutar de um confortável voo.  O quarto e a casa de banho ficam do lado de fora. É elegante, divertido e aerodinâmico.

https://www.winvian.com/cottages/helicopter/


 #must #revistamust #itmustbegood #hoteis #aviões #turismo #viajar #travel #ThePlaneMotel

#WinviansHelicopterCottage #JumboStayHotel #HotelCostaVerdeBoeing727 #hotels #hoteispelomundo  #VliegtuigsuiteTeuge #musthotels #differenthotels @it.must.be.good