• CarlaRibeiro

Já pode beber vinhos do Tejo nos aviões da TAP

Ao longo dos próximos três meses, 11 referências de Vinhos do Tejo, num total de 25 mil garrafas, vão viajar a bordo da TAP, em rotas seleccionadas por cada produtor.

Desafiada pela TAP, a Comissão Vitivinícola Regional do Tejo (CVR Tejo) rapidamente “embarcou” na iniciativa TAP Wine Experience, convidando os seus agentes económicos – produtores de Vinhos do Tejo – a juntarem-se à mesma, com o objectivo de (e)levarem os seus néctares para consumo a bordo e reforçarem a sua estratégia de promoção e internacionalização.


A TAP proporciona aos seus clientes uma ampla variedade e qualidade de vinhos portugueses a bordo – espumantes, brancos, rosés, tintos, moscatéis e vinhos do Porto –, criando uma verdadeira Wine Experience

Numa acção em que a região é pioneira, ao longo dos próximos três meses, são onze as referências (*) de uma “mão cheia” de produtores de Vinhos do Tejo, num total de 25.000 garrafas, que vão viajar a bordo da TAP, em rotas seleccionadas por cada produtor. Adega do Cartaxo (Cartaxo), Herdade dos Templários (Tomar), Pinhal da Torre (Alpiarça), Quinta da Alorna (Almeirim) e Quinta da Lagoalva (Alpiarça) compõem o quinteto de produtores estreantes.


Para Luís de Castro, Presidente da CVR Tejo, “esta iniciativa da TAP faz todo o sentido, daí a termos apoiado desde a primeira hora. É uma forma dos nossos produtores terem os seus vinhos presentes em destinos que são estratégicos para a região do Tejo.”, beneficiando dos cerca de 1,5 milhões de passageiros mensais da TAP e dos diversos canais de comunicação da companhia aérea, como as páginas de internet e redes sociais, newsletters, suportes de comunicação interna, entre outros.


A TAP tem, com a iniciativa TAP Wine Experience, o propósito de ser o maior canal de comunicação e experimentação de vinho português. Uma aposta que assenta na formação vínica dos seus tripulantes – ministrada e certificada pela ViniPortugal –, que assim ficam aptos a ser embaixadores dos vinhos portugueses. A TAP tem hoje quase quatro mil tripulantes de cabina. Destes, 400 já frequentaram a formação de nível 1 e, desse grupo, 58 fizeram e concluíram o nível 2, recebendo agora o diploma e o reconhecimento de Wine Advisor. O objectivo é que todos – os cerca de 4000 – venham a fazer a formação, pelo menos de nível 1, e estimular a que muitos façam a de nível 2.


#must #itmustbegood #revistamust #TAP #vinhosdotejo #tapwineexperience #wine #lovewine #vinhosabordo #aviao #travel #viagens #vinhosdotejotap #vinhosportugueses #winery   @it.must.be.good