• CarlaRibeiro

Berlim é a cidade do momento!

10 novidades e lugares de visita obrigatória

Além de ter novas atracções, como um interessante centro dedicado ao futuro, prepara-se para comemorar o 30.º aniversário da queda do Muro de Berlim com uma semana de festa.



Os 100 anos da revolucionária escola Bauhaus estão a ser celebrados numa grande exposição, há novos hotéis a bom preço e restaurantes diferentes a experimentar. Eis o que não deve perder em Berlim, a apenas 3h30 de voo.

O novíssimo Futurium Inaugurou este mês de setembro junto à Estação Central de Berlim e, como o nome sugere, é um espaço totalmente dedicado ao futuro. No Museu descobrem-se possíveis cenários que abordam temas como o trabalho, o progresso tecnológico ou os recursos naturais; e no Laboratório todos os visitantes são convidados a meter mãos à obra, por exemplo testando protótipos ou criando os seus próprios projectos em impressoras 3D e outros modernos equipamentos à disposição. Há ainda um Fórum onde têm lugar debates, concertos e intervenções artísticas. Imperdível.

1ª mostra na Galeria James Simon Outra grande novidade da cidade, a Galeria James Simon – único edifício construído em quase um século na célebre Ilha dos Museus, Património Mundial, que abriu neste Verão – já inaugurou a sua primeira exposição. Trata-se de uma mostra comemorativa do segundo centenário da Gipsformerei, instituição dos Museus Estatais de Berlim que produz réplicas de obras de quase todas as épocas e culturas, desde a Vénus de Willendorf, esculpida há 25.000 anos, ao famoso busto de Nefertiti ou ao Pensador, do mestre Auguste Rodin. A não perder até 1 de Março de 2020.



Celebrar a queda do Muro Berlim vai comemorar os 30 anos da queda do Muro durante uma semana: de 4 a 10 de Novembro a cidade será palco de centenas de eventos, convidando residentes e visitantes a conhecer, lembrar, debater e celebrar. Espetáculos multimédia vão iluminar locais associados à Revolução Pacífica (como a Alexanderplatz, a Schlossplatz ou Kurfürstendamm) e as Portas de Bradenburgo terão uma instalação suspensa com 30.000 mensagens escritas por gente de todo o mundo, uma forma artística de recordar os cartazes empunhados em 1989. Este lugar icónico acolherá também um grande espectáculo a 9 de Novembro – data em que o Muro começou a ser derrubado – e as festividades vão até estender-se a mais de duas dezenas de estabelecimentos noturnos.

Viagem virtual aos anos 80 Como era o dia a dia em Berlim Leste? E em Berlim Ocidental? A nova atracção Time Ride, inaugurada no final de Agosto, transporta os visitantes até meados da década de 80 com recurso a modernas tecnologias como óculos de realidade virtual. Fica situada junto Checkpoint Charlie, o posto de controlo mais famoso da cidade –serviu até de cenário às aventuras de James Bond em Octopussy – e um dos locais mais procurados e fotografados pelos viajantes.

Do Memorial à estação fantasma Em ano de 30º aniversário, há lugares de visita obrigatória como o Memorial e o Centro de Documentação na Bernauer Strasse. A exposição permanente 1961 -1989. The Berlin Wall revela muito sobre o Muro e a Alemanha dividida através de múltiplos objetos, audiovisuais e documentos biográficos. Mas há mais a (re)visitar, nomeadamente a vizinha Capela da Reconciliação e a “estação fantasma” de Nordbahnhof, com uma mostra sobre estas estações fortemente guardadas por soldados da ex-RDA para garantir que os comboios que passavam vindos do ocidente não paravam e impedir tentativas de fuga.

O museu do Leste Aprender mais sobre a vida na Deutsche Demokratische Republik (ou República Democrática Alemã) é a proposta do DDR Museum, que inclui um apartamento típico equipado com mobiliário e objectos da época e até uma cela de prisão. Além disso permite conduzir, num simulador 3D, um Trabant, mais conhecido por Trabi, o automóvel produzido na antiga Alemanha de Leste que entretanto se tornou um carro de culto. Com 1000 m², este premiado museu apresenta a maior, mais diversificada e interativa exposição sobre o tema em Berlim.

Exposição do centenário Bauhaus No âmbito das comemorações dos 100 anos da mais importante escola de arquitetura arte e design do século XX, a mostra Original Bauhaus - The centenary exhibition inaugurou a 6 de Setembro na Berlinische Galerie. Provenientes do Bauhaus-Archiv de Berlim ou emprestados por importantes coleções internacionais, mais de 1.000 originais integram esta exposição especial, que também revela interessantes histórias por detrás dos objetos. Pode ser vista até ao dia 27 de Janeiro de 2020.

Petiscos para todos os gostos De 21 a 27 de Outubro realiza-se a Berlin Food Week: uma mostra de produtos e tendências tem lugar no Bikini Berlin (um centro comercial diferente e que até tem vista para o Jardim Zoológico) e mais de 60 restaurantes e estabelecimentos similares apresentam um menu especial. Mas há muito mais a experimentar numa cidade cada vez mais reconhecida pela gastronomia, como os almoços “slow food fast” do Data Kitchen, com pratos saudáveis que se encomendam através de uma app e ficam disponíveis à hora definida numa box no restaurante; ou as sobremesas e pratos confecionados com técnicas de pastelaria do CODA Dessert Dining & Bar, que este ano recebeu uma estrela Michelin.

Um street art hotel nas alturas… O espaço é cada vez mais escasso nas cidades mais requisitadas de todo o mundo e Berlim não é exceção. Tendo isso em conta o The niu Hide foi inaugurado em maio no topo de um centro comercial da Frankfurter Allee. A ideia de “Eastalgia”, ou nostalgia do Leste, é o mote da decoração que inclui o papel de parede comummente usado da República Democrática Alemã, mobiliário e acessórios vintage mas também street art assinada pela dupla de artistas (e DJ) Gigi & Amando. Quartos duplos a partir de 55€, dependendo da data e antecedência da reserva.

…e um hotel chamado Amo Outro recente hotel berlinense é o Amo by Amano e tem a particularidade de ficar parcialmente debaixo do solo, nomeadamente a recepção, que nem por isso deixa de ser luminosa. Situado na centralíssima Friedrichstrasse, combina características da cidade e arquitectura moderna, possui 93 quartos e um restaurante dedicado à gastronomia israelita. Conta ainda com um bar, também subterrâneo, animado por DJ aos fins de semana. Diárias desde 65€, variando consoante a antecipação da reserva e o período específico da estadia.

Mais informações em www.visitberlin.de/en

Mais informações sobre a o turismo na Alemanha em www.germany.travel

  #must #revistamust #itmustbegood #alemanha #berlim #cidade #turismo #travel #viagem #viajar #murodeberlim #visitberlin