• begoodmust

O Caçador de Elefantes Invisíveis

Atualizado: 22 de out. de 2021

Depois do romance O Mapeador de Ausências, publicado há menos de um ano, em novembro de 2020, e que conta já com três edições, Mia Couto volta, com O Caçador de Elefantes Invisíveis, a um género literário, o conto, que pratica com reconhecida mestria desde a sua primeira obra em prosa, a coletânea Vozes Anoitecidas, que a Caminho publicou no já longínquo ano de 1987. Preço: 15,90€.



O Caçador de Elefantes Invisíveis recolhe sob este título, que é também o de um dos contos antologiados, as belas histórias que a revista Visão vem publicando mensalmente. Aproveitou a oportunidade para lhes dar uma demão, mais ou menos intensa aqui e ali, e presenteia-nos com um livro que está à altura das melhores obras que neste género se escreveram em língua portuguesa. O estilo é sóbrio e preciso, os temas são vários e diversos, o lugar donde o autor vê o mundo e o retrata neste livro é tão amplo que nele cabe tudo. Entre a história do pobre velho, ou melhor, de um velho pobre que recebe em casa um enfermeiro em serviço de rastreio da covid 19, e, já no fim do livro, a conversa das estátuas que descem dos seus pedestais, descem e não são derrubadas, para conversarem sobre os males e os equívocos deste mundo, entre uma e outra destas histórias o leitor encontra personagens e cenas que não lhe sairão tão cedo da memória.


O escritor estará em breve em Portugal e participará em sessões em vários pontos do país:

  • Leiria (27/10, 18h30, Livraria Arquivo)

  • Póvoa de Varzim (29/10, 21h00, Livraria Theatro)

  • Ponte de Lima (30/10, 16h00, Biblioteca de Ponte de Lima)

  • Cascais (1/11, 17h00, Livraria Indie)

  • Setúbal (2/11, 18h30, Livraria Culsete)

  • Lisboa (4/11, 18h30, Palácio Galveias).


#must #itmustbegood #revistamust #livro #book #ler #leitura #lovebooks #caminho #MiaCouto #OCaçadordeElefantesInvisíveis