• CarlaRibeiro

Celeste, a mesinha inspirada na camponesa do Douro!

Nas encostas do Douro, socalco a socalco, ora subindo ora descendo, Celeste apressa-se para retirar das vides os cachos já maduros.

Assim é o dia-a-dia de Celeste, uma camponesa que cresceu entre as oliveiras e as videiras do Douro, um modo de vida que abraçou e no qual encontra o seu sustento e o prazer de cuidar da terra e conhecer os seus ritmos. Inspirada nesta personagem, surge a mesinha Celeste.



A DAM apresentou, no Dia do Trabalhador,  este novo produto desenvolvido pelo Designer Christophe de Sousa, o primeiro convidado a desenhar para a marca. Este produto faz uma homenagem ao trabalhador do campo, cuja atividade é muitas vezes desvalorizada, mas essencial para todos.



Composta por uma cesta em vime que se apoia num cilindro de mármore rematado a meia esfera, a mesinha de apoio caracteriza uma personagem forte que carrega às costas o cesto com o esforço do seu trabalho. Assim, num desafio de equilíbrio aparente, as duas formas geométricas simples unem-se para desenhar uma mesa de apoio que presta homenagem aos trabalhadores do campo.

Quem é o  designer Christophe de Sousa

Christophe de Sousa, designer franco-português, é o primeiro Designer convidado a desenhar para a DAM. Nasceu em França e em tenra idade regressou a Portugal - país de origem dos seus pais - em tenra idade. Desde cedo mostrou paixão e talento para o desenho e a criatividade. Entretanto estudou Design Industria na Universidade Lusíada do Porto. Logo depois, começou a colaborar com empresas de diferentes setores e recebeu vários prémios internacionais. Em 2017, fundou seu próprio estúdio no Porto. Persistente e observador nato, é hoje reconhecido como um dos designers de maior prestígio da sua geração em Portugal. Neste desafio, ele traz novos materiais, tecnologias e memórias para a marca DAM.

www.dam.pt

#must #itmustbegood #revistamust  #CELESTE #mesa #design #vime #DAM #mesaceleste #ChristophedeSousa #Mármore #ChristophedeSousa #teletrabalho #trabalharemcasa #covid19 #pandemia #quarentena #fiqueemcasa #ficaemcasa