• CarlaRibeiro

Aqui come-se comida portuguesa acompanhada pelo fado!

Da mesma proprietária do arménio Ararate, Karine Sarkisyan, o restaurante D. Afonso O Gordo é uma verdadeira viagem no tempo – do espaço à inspiração.



Famoso por ser um bom garfo, é D. Afonso II (de cognome O Gordo) que batiza o restaurante, onde a cozinha tradicional portuguesa é rainha.



Na cozinha está o chef João Fragoeiro que se atreve a explorar os sabores mais antigos da gastronomia nacional. Mas a grande especialidade é o leitão, e não é um leitão qualquer. Feito à moda da Bairrada, tem o selo de aprovação do mestre assador Ricardo Nogueira, que partilhou a sua valiosa receita com o chef. A responsabilidade é grande, mas o leitão é... maravilhoso!



E como se não chegasse dominar o segredo de um bom leitão, no D. Afonso O Gordo as noites de fado acalentam os corações e fazem vibrar as paredes, pelos vozeirões do Tiago Simões, da Filipa Carvalho, do grande nome que é Cidália Moreira e outros talentos deste género musical.



Não é só o menu que faz a casa. O restaurante D. Afonso O Gordo ocupa as antigas cavalariças do Marquês de Pombal, com as paredes e arcos em tijolinho e as colunas em pedra, estando por isso localizado não só no centro de Lisboa (perto da Sé) como num lugar imponente que vai marcar a experiência de quem lá saborear uma refeição.


#must #revistamust #itmustbegood #restaurante #DAfonsoOGordo #gastronomia #comida #sabores #fado #cozinha #comidaportuguesa #leitao #noitesdefado @it.must.be.good