top of page
  • Must Edição

Concerto Solidário de Artur Pizarro combate o preconceito sobre a saúde mental

No Dia Mundial da Saúde Mental, a 10 de outubro, realiza-se o Concerto Solidário de Artur Pizarro em prol dos direitos humanos e da saúde mental. O evento vai realizar-se na Aula Magna e todas as receitas revertem a favor da Associação para o Estudo e Integração Psicossocial (AEIPS), uma instituição que promove o apoio e integração social de pessoas com doença mental, nos domínios da habitação, educação e emprego.


Neste dia, em que o objetivo é combater o preconceito e promover o conhecimento sobre a saúde mental, o recital de piano solidário reúne a comunidade em torno desta causa, utilizando a música como linguagem universal.

Com interpretações exclusivas e obras-primas de compositores lendários, Artur Pizarro traz magia a uma noite de melodias clássicas que celebra os direitos humanos, a saúde mental, mas também a música pelo seu prestígio imensurável. Além da sua capacidade de conectar pessoas, unir culturas e derrubar barreiras, é também classificada como uma ferramenta terapêutica capaz de promover o bem-estar emocional. E tal como a música é para todos, também o apoio e acesso à saúde devem ser.


A AEIPS tem como missão promover a recuperação e integração social de pessoas que enfrentam desafios relacionados com a saúde mental. Junte-se a nós neste Concerto Solidário e ajude a assegurar o direito à habitação independente, à educação inclusiva e à integração no mercado de trabalho das pessoas com doença mental.

Os bilhetes para este Concerto Solidário já se encontram disponíveis para venda nas lojas físicas FNAC (Colombo, Chiado, Vasco da Gama, Cascais, Almada, Alfragide), assim como na bilheteira online. O seu custo é de 30 euros e todas as receitas revertem para o benefício das pessoas apoiadas pela AEIPS.

A AEIPS conta com o apoio da JCDDecaux, da Mop Solidária, da FNAC, da Universidade de Lisboa e do Atelier do Caractere para a divulgação do Concerto Solidário.


Comments


bottom of page