• begoodmust

De volta ao escritório: Como preparar a mente

Regressar ao escritório não é novo e pode ser um fator positivo no sentido em que permite rever os colegas e regressar à habitual azáfama do quotidiano profissional – da qual muitos já sentem saudades. Mas a mente pode ser traiçoeira, pois já está conformada com a rotina dos últimos meses e, como sabemos, sempre que surge alguma mudança tende a complicar a sua adaptação.


Os regressos – por vezes felizes, por vezes dolorosos – onde a ansiedade, receios e medos começam a surgir, não podem controlar a nossa mente e comportamentos. A melhor forma de olhar para o regresso ao escritório é encará-lo como um desafio – e se é um desafio, é para vencer. Não será igual, mas certamente será especial. A verdade é que preparar a mente para regressar ao espaço físico pode ser mesmo um desafio para alguns.


Então, vamos preparar este recomeço de forma positiva?

1 - Reorganizar a agenda e horários. Acorde cedo e cuide de si antes de sair de casa. Estabeleça uma rotina: o horário de saída; as paragens, por exemplo, para levar os filhos à escola ou caso tenha de dar boleia a algum colega; se vai de transportes. Planeie tudo com antecedência para que nada se atrase. 2 - Velhas rotinas, novos hábitos. A mente facilmente retoma as velhas rotinas, ainda que com alguma diferença com os cuidados atuais. Lembre-se que, embora com as medidas estabelecidas pela DGS, é possível conversar com os colegas, partilhar as experiências que todos sentiram em casa, as dificuldades e o que cada um aprendeu e podem, agora, acrescentar no escritório. 3 - Ansiedade e medo. Não crie grandes expectativas e encare o medo como uma preparação para não se descuidar nem falhar os compromissos próprios e com os colegas. A ansiedade é controlada a viver o presente, em reagir perante as adversidades que vão aparecendo. Não deixe dúvidas por esclarecer antes de regressar. Se sentir o stress a acumular, faça cinco respirações profundas e vai perceber que a mente e o corpo ficam mais calmos e tranquilos. 4 - Partilhar momentos. Na pausa, ou durante o serviço, procure saber como cada colega passou os últimos tempos: as peripécias, os desafios, os filhos e a família e partilhe o que sentiu. Existem vários assuntos a explorar para descontrair e descansar um pouco a mente. Além disso, está comprovado que os 10 minutos de pausa ajudam no aumento da produtividade e bem-estar… Então, faça a sua pausa. 5 - Não fazer tudo num dia. Entre com calma. O que se comprometer a fazer, faça com consciência. É mais produtivo preparar o local de trabalho, estar com os colegas e ir fazendo as tarefas, pois o descontrolo sobre prazos pode levar a picos de stress que terão resultados negativos a médio prazo. 6 - Finalizar o dia. No regresso a casa, ou já em casa, estabeleça cinco minutos de relaxamento: oiça a sua música, beba um chá ou mesmo aquele copo de vinho e reveja o dia. Guarde apenas o melhor de cada dia e estabeleça uma barreira profissional. Não pense mais no que aconteceu ou como foi, desligue o trabalho. Em casa, durante as folgas e ao fim de semana, é tempo de dedicar-se a si e à sua família. Não dispense o lazer pois é fundamental para uma mente saudável.



Por Joana Freitas, Mental Coach & CEO

Up Your Mind. #must#itmustbegood#revistamust #regressaraotrabalho #Comoprepararamente #voltaraotrabalho #regressoaoescritório #JoanaFreitas #UpYourMind #desafios #vencer #trabalho