top of page
  • Must Edição

O The Editory Garden Porto Hotel abre as suas portas no dia 3 de maio mesmo no coração da Baixa!

Esta quinta unidade hoteleira da The Editory Collection Hotels da Sonae Capital fica nº 35 da Rua da Firmeza. O The Editory Garden Porto Hotel assume-se como um mini oásis urbano rodeado de história, cultura e arte, num projeto de arquitetura assinado por Miguel Cardoso. A gestão de projecto e o design de interiores estiveram a cargo da Sonae Sierra – Paracentro, S.A.

No coração da Baixa, The Editory Garden Porto Hotel resulta de uma parceria entre a PCINVEST (developer) e a The Editory Collection Hotels, business unit da Sonae Capital (operador), num investimento conjunto de cerca de 10 milhões de euros, que se concretiza num boutique hotel pensado para respeitar a harmonia com os edifícios históricos que o circundam, enquanto privilegia a criação de espaços de tranquilidade para fugir à natural azáfama da cidade.

Um refúgio na natureza, em meio urbano

Com o hotel-escola The Editory Artist Baixa Porto e a Escola de Hotelaria e Turismo do Porto como vizinhos, The Editory Garden desafia a lógica funcional para impor a alternativa de fruição que exige equilíbrio, leveza, tranquilidade e a presença da natureza.

Espaços arejados marcados por tons neutros dão lugar de destaque à vegetação envolvida por madeiras claras, texturas naturais, luzes amenas e materiais sustentáveis. É assumido um compromisso com o ambiente em cada detalhe, desde a seleção de elementos decorativos até às práticas de serviço, projetando uma atmosfera em que o tempo tem diferentes expressões, mas todas elas naturais.

No exterior, um jardim privado revela recantos únicos debaixo da pérgula em madeira com vegetação suspensa, junto ao espelho de água rodeado de plantas, em momentos de convívio na mesa “tronco de madeira” ou em simples pausas na esplanada.

Percorrer as estações do ano em 48 quartos elegantes

A elegância de uma decoração sóbria, mas simultaneamente descontraída, convida a experimentar quatro tipologias de quartos que se dividem entre 22 quartos twin, 24 quartos duplos, uma suite e um quarto adaptado para mobilidade reduzida.

O hotel desenvolve-se em três blocos revelando cada um deles um ambiente diferente permitindo assim percorrer três estações do ano; a Primavera, o Verão e o Outono, através das cores, das texturas e dos elementos decorativos que remetem para diferentes sensações de espaço e de tempo dentro do mesmo hotel.

Um restaurante que cria pratos com o que de melhor a terra lhe dá

O restaurante do Editory Garden foi criado para dar expressão ao que de mais natural a comida pode ter: pratos à base de plantas que refletem as estações do ano, os seus sabores e aromas e as inspirações do Chef de acordo com as suas memórias, com produtos frescos cozinhados com amor e muita generosidade, que garantem que cada refeição é um prazer saudável para partilhar e aconchegar.

Com capacidade para 80 lugares (48 interior e 32 exterior), o restaurante funciona diariamente ao almoço, entre as 12h30 e as 23h. Aberto durante todo o dia, o bar – com capacidade para cerca de 11 lugares sentados - apresenta uma carta de sumos naturais, infusões, cocktails e vinhos inspirados no tema que o define: a natureza.

Respirar o Porto com a arte de Teresa Rego

Um ambiente tranquilo e urbanamente confortável desafia os sentidos a apreender outras perspetivas. No lobby, o mural da artista Teresa Rego é uma celebração da natureza em ilustrações coloridas que se afirmam em dicotomia com o cinzento da cidade.

Depois de viver no Reino Unido durante três anos, onde se dedicou ao universo da ilustração na University of Arts London, Camberwell College of Arts, Teresa Rego descobriu os contrastes entre as cores das ilustrações que cria e os materiais que desenham as cidades. A sua linguagem artística explora a ligação entre os espaços naturais e os espaços construídos e, no Editory Garden, surge a mescla de formas geométricas com outras orgânicas, para dar ao Porto uma nova respiração da cidade.

Hospitalidade, Local, Arte e Sustentabilidade: 4 pilares de uma marca que respira Porto

The Editory Collection Hotels é uma marca que se baseia em quatro eixos de actuação que definem o serviço, o produto e a estrutura dos hotéis do Grupo. The Editory Garden Porto Hotel materializa a hospitalidade no serviço de Concierge, que apresenta sugestões para ver o que importa e fazer o que interessa. Ao mesmo tempo, o hotel homenageia o local onde se insere, seleccionando as melhores sugestões para conhecer o Porto nos tempos livres, captando sinergias com agentes locais que acrescentam valor às experiências da cidade e dando a conhecer os sabores, os recantos e as curiosidades que distinguem um destino único de viagem.

O foco na sustentabilidade posiciona The Editory Garden Porto Hotel como agente activo no cumprimento dos standards de sustentabilidade definidos pelo Grupo. Do combate ao desperdício à redução dos consumos energéticos, passando pela alteração de procedimentos para melhores certificações energéticas, o hotel aposta numa maior integração da economia circular e em pequenas acções diárias que, em articulação com cada Cliente, influenciam consciências e atitudes que contribuem para um projecto conjunto de protecção ambiental.

O Grupo The Editory Collection Hotels imprime o estilo de vida e a singularidade do destino onde cada hotel está integrado, apresentando atmosferas distintas nas nove unidades do portfólio: Porto Palácio Hotel by The Editory, Aqualuz Hotels by The Editory (Troia, Lagos), The Editory by the Sea (Troia - Comporta), The Editory Artist (Baixa, Porto), The Editory House (Ribeira, Porto), The Editory Riverside (Santa Apolónia, Lisboa), The Editory Boulevard (Aliados, Porto), The Editory Garden Porto Hotel (Firmeza), e os apartamentos turísticos sob gestão em Tróia – Troia Residence by The Editory.


Comments


bottom of page