• CarlaRibeiro

Havana faz 500 anos

  • Cada vez há mais portugueses a viajar para Cuba

  • Varadero é a terceira melhor praia do mundo 

  • FITCuba vai a acontecer de o dia 6 até o dia 11 de Maio


Num jantar promovido pela Embaixada de Cuba no âmbito da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, a embaixadora de Cuba em Portugal, Mercedes Martinez Valdés, informou que o número de turistas portugueses no país atingiu os 31 843 em 2018, mais 16% do que em 2017, um número digno de registo. Neste ano em que se comemoram os 500 anos de Havana, esperam-se cerca de cinco milhões de visitantes.


A embaixadora de Cuba em Portugal com o staff do Turismo de Cuba na BTL

Apesar do ano de 2018 ter sido muito difícil para Cuba devido aos efeitos do Furacão Irma, em Setembro de 2017, a recuperação foi feita em tempo recorde. Em Novembro, no início da alta temporada, foram abertos todos os destinos incluindo os Cayos que foram das áreas mais afectadas. A embaixadora considera que Cuba teria alcançado em 2018 os cinco milhões de visitantes estrangeiros não fossem os efeitos do Furacão Irma  e a decisão do presidente norte-americano Donald Trump de reverter as políticas do anterior presidente, Barack Obama. “No entanto, em 2018 tivemos um novo recorde de chegada de visitantes internacionais para o nosso país com 4 732 280 turistas estrangeiros”.


No ano 2018, ultrapassámos o recorde histórico de turistas portugueses para a Ilha

Este ano, o turismo está a crescer em 10%, embora a Europa ainda não tenha recuperado as suas taxas de emissão de visitantes, as delegações cubanas de alto nível visitam países como Itália, Alemanha e França, a fim tentar inverter a tendência da Europa. Pelo contrário, o mercado do turismo português para Cuba continua a crescer e “no ano 2018, ultrapassámos o recorde histórico de turistas portugueses para a Ilha, com um número de 31 843, ou seja, com um crescimento de 16%”. Nova geração de hotéis de luxo   Fechamos o ano passado com 70 839 quartos, 74% localizados em destinos de sol e praia. Varadero foi eleita a terceira melhor praia do mundo segundo o TripAdvisor e a segunda nas Caraíbas. Durante 2018, Cuba concluiu 5000 novos quartos. Uma nova geração de hotéis de luxo foram construídos, nomeadamente em Havana, desenvolvidos pelo Grupo Gaviota, onde se destacam o Grand Hotel Manzana Kempinski e o Iberostar Grand Packard, correspondendo à estratégia planeada de abertura de hotéis de luxo de cinco estrelas, onde dos 12 000 quartos que existem, quase 50% são hotéis de duas e três estrelas. Actualmente, estão a ser construídos vários hotéis de alto nível em Havana, dos quais três serão inaugurados este ano, como o Prado e o Malecón que será gerido pela companhia francesa Accor. Além disso, nos próximos dias, será inaugurado o Meliá Varadero Internacional que irá substituir o antigo Internacional que foi construído sobre as dunas. Nascerá assim um grande hotel de luxo cinco estrelas com perto de 950 quartos, o qual achamos será  o melhor hotel em Varadero.  



Diversificar o turismo a todo o território nacional Queremos diversificar o turismo a todo o território nacional (como Holguín, Camaguey, etc.), e fomentar as diferentes modalidades: a náutica, o turismo cultural e de saúde e a participação em eventos. Além disso, estamos num processo de grande transformação digital do destino turístico de Cuba. Há uma melhoria significativa sobre o tema da qualidade. Segundo as estatísticas, 28% dos turistas afirmam ir a Cuba por causa da praia (poucos anos antes era 60%, o que confirma a diversificação do produto); 22% por intercâmbio com as pessoas; 22,4%, pela oferta cultural e patrimonial; e 12% pela segurança do destino. “Fechamos o ano de 2018  com 42 % de repetição, o que é uma taxa bastante elevada que mostra a fidelidade de aqueles que nos visitam, ao qual acrescentamos que 95% afirmam que irão repetir e 97% recomendam o destino”, confessa a embaixadora.

Melhorar a oferta gastronómica e o acesso à Internet Também em termos de acções que contribuam ao aumento da qualidade do produto turístico cubano, não só estão a ser construídos novos hotéis, mas também estamos a renovar os existentes e a melhorar a oferta gastronómica. O acesso à Internet através de conexão Wi-Fi está a ser melhorada, dentro do programa que Cuba está a implementar para informatizar a sociedade. Está planeado a expansão do acesso sem fio em hotéis e instalações turísticas além das áreas públicas, nos quartos, nas praias dos resorts, nos transportes turísticos, de forma a eliminar o uso de cartões.


“Vamos ter uma Havana renovada” “O Ministério do Turismo tem muitos planos para a comemoração dos 500 anos de Havana, cidade fundada no dia 16 de Novembro de 1519. Vários estabelecimentos hoteleiros serão abertos assim como outras instalações para o lazer e haverá vários eventos importantes. Vamos ter uma Havana renovada com uma imagem muito diferente e que esperamos que os visitantes desfrutem. Esperamos, este ano de 2019, atingir, pela primeira vez, os cinco milhões de visitantes”, refere Mercedes. “Para finalizar gostava dizer que a Feira de Turismo de Cuba vai a acontecer de o dia 6 até o dia 11 de Maio. Espero que os portugueses possam assistir e que gostem da nova imagem da nossa belíssima capital.” #must #revistamust #itmustbegood #cuba #turismo #turismodecuba #havana #500anosdehavana #viajar #travel #ferias #caraibas #BTL #FITCuba @it.must.be.good