• CarlaRibeiro

Qual o melhor vinho para as comidas picantes?

Branco, tinto, rosé ou espumante? A questão que colocamos sempre que queremos abrir uma garrafa de vinho ao jantar e para a qual nem sempre sabemos a resposta.


Na semana em que se celebra o Dia Internacional da Comida Picante, a PMC Wine & Food, empresa dedicada à comercialização de vinhos nacionais e das suas marcas próprias, Malandra e Jaburu, oferece algumas dicas para que a sua experiência gastronómica não seja um verdadeiro fiasco e corra pelo melhor.

Vinhos com poucos taninos e adstringência Se quer um vinho para combinar com comidas picantes, logo com esta dica pode eliminar a maior parte dos vinhos tintos pois, contrariamente ao que possa pensar, a aposta certa e segura para acompanhar este género de iguarias está nos vinhos brancos ou rosés. Os taninos presentes no vinho vão aumentar a sensação de calor e o picante vai realçar a adstringência do vinho. O resultado? Um palato saturado e sobrecarregado. Se for adepto de tintos, escolha um jovem e que não tenha passado pela madeira.

Vinhos com pouca madeira Quanto menos madeira melhor, isto porque o picante irá realçar os aromas amadeirados do vinho e estes sobrepor-se-ão ao sabor da comida, abafando por completo algumas das suas características mais apreciadas.

Vinhos mais doces A sensação mais doce de um vinho vai equilibrar na perfeição o calor e a sensação de picante deste tipo de comida. Assim sendo, opte por um vinho com um teor de açúcar residual mais elevado. Esta sensação de equilíbrio também pode ser alcançada se optar por um vinho mais fresco, ou seja, com um maior grau de acidez e frutado.

Vinhos menos alcoólicos Quanto mais alcoólico o vinho for, maior é a sensação de calor que se faz sentir no organismo. Se tiver em consideração que o mesmo ocorre quando come algo muito picante, aí tem uma mistura explosiva. Para além disso, o álcool vai acentuar o picante presente na comida e mais uma vez sobrecarregar e cansar o palato.

Assim, PMC Wine & Food recomenda um vinho frutado, fresco, e porque não um pouco mais doce? Pode optar por um vinho verde ou qualquer outro vinho branco de uma região mais fria, uma vez que estes vinhos tendem a ter um maior grau de acidez. Caso se esteja a sentir aventureiro, arrisque e aposte num espumante! Deixe-se surpreender com a combinação entre a efervescência do mesmo e o picante.

#must #itmustbegood #revistamust #comidapicante #16dejaneiro #pairing #harmonizaçao #gastronomia #sabores #saborespicantes #comida #culinaria #vinhosecomidapicante #PMVwinefood