• CarlaRibeiro

Miguelitos ganharam o concurso Doce Cabeceirense

Os Miguelitos, de Alice da Conceição de Magalhães Alves, foram os grandes vencedores do Concurso Doce Cabeceirense e são ‘enrolados’ de feijão amarelo, farinha e vinho verde com recheio de ovos e mel.



A primeira edição do Concurso Doce Cabeceirense contou com a participação de 11 propostas, tendo sido apurados 11 finalistas. Em segundo lugar, com os Sonhos Emocionantes, classificou-se Maria Beatriz Ribeiro Carvalho, tendo obtido uma Menção Honrosa (concorrente mais jovem) Juliana Teresa Vaz Martins que apresentou no concurso os pastéis Os Bastos.


Os Miguelitos são ‘enrolados’ de feijão amarelo, farinha e vinho verde (…) com recheio de ovos e mel (…). “Docinho é o Miguelito, de feijão é o meu pastel, umas gotas de vinho verde e uma pitada de mel” foi a quadra que acompanhou a receita original de Alice Alves, a grande vencedora do Doce Cabeceirense. 

 

Esta iniciativa da Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto pretendeu reforçar e valorizar o que se fazia no núcleo familiar, principalmente pelos avós. Pretende-se, igualmente, incentivar a inovação das pastelarias cabeceirenses bem como sensibilizar os agentes económicos e a população para a importância estratégica dos produtos endógenos, em especial, o mel, as ervas aromáticas, o vinho verde, o leite, as frutas, designadamente o codorno e outros produtos da região, no contexto do desenvolvimento do território de Cabeceiras de Basto.


#must #revistamust #itmustbegood #cabeceirasdebaixo #miguelitos #doces #gastronomia #doçaria  #DoceCabeceirense #sabores #saboresdeportugal #doçariaregional @it.must.be.good