top of page
  • Must Edição

10 mitos sobre a contraceção

Num mundo em constante evolução, é surpreendente os equívocos que ainda existem sobre a contraceção. O Dia Mundial da Contraceção, que se celebra a 26 de setembro, é a ocasião perfeita para desmascarar alguns dos mitos mais comuns sobre este importante tema.



O Dia Mundial da Contraceção é uma data para relembrar de que a informação é fundamental

para fazer escolhas responsáveis e que adotar a contraceção significa assumir o controlo da

saúde reprodutiva. Dissipar os mitos capacita as pessoas a adotarem a contraceção sem serem vítimas de desinformação. A LELO esclarece alguns dos mitos relacionados com a contraceção.


1º Mito: A contraceção é apenas responsabilidade da mulher

A contraceção é uma responsabilidade partilhada entre os parceiros. Desde preservativos a

pílulas contracetivas, muitas opções estão disponíveis para homens e mulheres. A comunicação aberta e a tomada de decisões conjunta são essenciais para garantir uma contraceção eficaz.


2º Mito: Pílulas contracetivas provocam aumento de peso

Embora algumas pessoas possam experimentar ligeiras flutuações de peso, as pílulas

contracetivas dos dias de hoje são formuladas para minimizar esse efeito. Fatores relacionados com o estilo de vida, genética e comportamentos de cada um, desempenham um papel mais significativo nas mudanças de peso do que a própria pílula.


3º Mito: Não se pode engravidar durante a menstruação

Embora as possibilidades de conceção sejam menores durante a menstruação, não é

impossível. O esperma pode sobreviver até cinco dias no corpo, o que significa que se o ciclo for curto, a gravidez poderá ocorrer logo após o término da menstruação.


4º Mito: Os preservativos destroem o momento

Contrariamente a esta crença, os preservativos podem aumentar a intimidade. Com diversas

texturas, sabores e tamanhos disponíveis, os preservativos podem aumentar o prazer e ao

mesmo tempo proteger contra a gravidez indesejada e DSTs. O LELO HEX™ oferece resistência, flexibilidade e sensação, através da sua estrutura hexagonal revolucionária. Suave, mas texturizado, este preservativo fino parece uma segunda pele.


5º Mito: Contraceção de emergência é uma ‘pílula abortiva’

As pílulas contracetivas de emergência, geralmente designadas de “pílulas do dia seguinte”,

evitam a ovulação ou a fertilização. Não induzem o aborto. É crucial compreender a diferença

entre métodos contracetivos e métodos de aborto.


6º Mito: DIU são apenas para mulheres que já tiveram filhos

Os dispositivos intrauterinos (DIU) são seguros e eficazes para as mulheres, tenham dado à luz ou não. Estão disponíveis em opções hormonais e não hormonais, oferecendo contraceção de longa duração com manutenção mínima.


7º Mito: A contraceção consiste apenas em prevenir a gravidez

Embora a contraceção seja uma ferramenta crucial para o planeamento familiar, também

desempenha um papel significativo na proteção contra infeções sexualmente transmissíveis

(IST). Os preservativos, por exemplo, proporcionam um duplo benefício ao oferecerem

contraceção e prevenção de IST.


8º Mito: Métodos de consciencialização sobre fertilidade são infalíveis

Os métodos de consciencialização da fertilidade envolvem monitorar o ciclo menstrual para

identificar dias férteis e inférteis. Embora possam ser eficazes com educação e consistência

adequadas, não são infalíveis e podem não funcionar para todos.


9º Mito: Esterilização significa que nunca poderei ter filhos

Os métodos de esterilização masculina e feminina pretendem ser permanentes, mas há

possibilidade de reversão. Os procedimentos de reversão são complexos e o sucesso não é

garantido, por isso é crucial abordar a esterilização como uma decisão a longo prazo.


10º Mito: Usar dois preservativos oferece proteção dupla

Colocar preservativos em camadas pode parecer uma boa ideia, mas é contraproducente. A

fricção entre os preservativos pode aumentar o risco de rompimento, pelo que se deve usar um único preservativo corretamente para garantir a proteção adequada.


Comments


bottom of page