• CarlaRibeiro

Viajar no sofá pelos museus alemães

Muitos museus da Alemanha estão de portas abertas online, permitindo explorar as suas importantes coleções a partir de casa.



Melhor ainda, nalguns casos é possível entrar em alas temporariamente encerradas para restauro, como é o caso da que acolhe o famosíssimo Altar de Pérgamo no museu mais visitado de Berlim. Também estão disponíveis cursos de arte gratuitos e até há visitas guiadas via Instagram.

O incontornável Museu Pergamon

Na Ilha dos Museus, Património da Humanidade, este museu mundialmente famoso é o mais visitado de Berlim e não admira: preserva conjuntos arqueológicos arquitetónicos, magníficos tesouros do Médio Oriente, da Arte Islâmica e da Antiguidade Clássica. Uma das maiores atrações é o Altar de Pérgamo (e daí o seu nome), obra-prima helenística que só poderá ser de novo apreciada dentro de três anos pois essa ala encontra-se encerrada para restauro. Até lá pode ser vista online, tal como Porta de Isthar da Babilónia ou a do Mercado de Mileto, do século II e muitas outras preciosidades.



700 anos de arte no Museu Stadel

Fica em Frankfurt e é um dos mais importantes museus alemães: sob um único teto exibe 700 anos de arte europeia desde o início do século XIV até ao presente, acolhendo cerca de 3.000 pinturas, 600 esculturas, mais de 4.000 fotografias e 100.000 desenhos e gravuras. Destacam-se obras de artistas maiores como Dürer, Botticelli, Rembrandt, Vermeer, Monet, Picasso, Bacon ou Richter. Na sua oferta digital é possível explorar a coleção, ver como era o museu no século XIX e até fazer um curso de História da Arte online.



Mercedes-Benz, mais que automóveis

Os fãs de automóveis vão adorar esta visita mas a verdade é que o museu, situado em Estugarda, agrada a um público bem mais vasto pois a coleção surge muito bem contextualizada, colocando em paralelo à evolução técnica momentos incontornáveis a nível mundial como o final da I Guerra ou a Queda do Muro de Berlim. O edifício – por sinal premiado – oferece uma autêntica viagem no tempo, permitindo apreciar o primeiríssimo automóvel da História e mais 160 veículos. Agora pode ser descoberto aqui e a visita guiada está disponível no Instagram.

Monet no Museum Barberini

No centro histórico de Potsdam, a cerca de meia hora de Berlim, o Museu Barberini ocupa um belo palácio que foi destruído durante a II Guerra Mundial. Recuperado com esmero, inaugurou há apenas três anos e acolhe obras desde os Velhos Mestres à arte contemporânea. De momento exibe a mostra Monet: Places, com quadros que o artista pintou em lugares como a Normandia ou Veneza e que pode ser visitada online aqui.

Arte e tesouros de Dresden

Cidade monumental conhecida por “Florença do Elba”, tem uma oferta museológica tão interessante e ampla que a dificuldade é escolher o que visitar. A boa notícia é que alguns museus podem ser explorados online, como é o caso do Albertinum, com a sua galeria dos Novos Mestres, onde estão representados desde Paul Gauguin e Vincent Van Gogh a Neo Rauch e Ai Weiwei. Outra visita virtual obrigatória é o Residenzschloss, ou Palácio Real, com tesouros de valor incalculável reunidos no Green Vault; a mais antiga e importante coleção de arte otomana fora da Turquia; e um belíssimo conjunto de armaduras e armas cerimoniais. Está tudo aqui.

E há muito mais no Google Arts…

A Alemanha está representada no Google Arts & Culture com 122 coleções, permitindo visitar virtualmente, entre outros, o Deutsches Museum de Munique, um dos mais reconhecidos museus de ciência e tecnologia do mundo; o Kunstpalast de Dusseldorf, com obras de Rubens, por exemplo; o Kunsthalle de Bremen, que exibe interessantes exposições como “O que é o Amor?”; ou a East Side Gallery do Muro de Berlim (incluindo a pintura da portuguesa Ana Leonor Rodrigues). Para visitar aqui

Os créditos das imagens:

East Side Gallery © visitberlin/Philip Koschel

Albertinum © Frank Exß

Museu Barberini, exposição Monet © David von Becker/Museum Barberini

Museum Barberini © Helge Mundt/Museum Barberini

Museu Mercedes  © Daimler AG

Museu Pergamon, Porta de Mileto © David von Becker/Staatliche Museen zu Berlin 

Museu Pergamon, Porta Isthar © David von Becker/Staatliche Museen zu Berlin 

Museu Stadel © Stadel Museum

Museu Stadel © Wilma Leskowitsch


www.germany.travel


#must #itmustbegood #revistamust #alemanha #museusdaalemanha #viajar #viagensvirtuais  #teletrabalho #casa #viajarsemsairdecasa #turismoalemanha #trabalharemcasa  #covid19 #pandemia #quarentena #fiqueemcasa #ficaemcasa