• begoodmust

Na Patagónia

Bruce Chatwin viaja até ao fim do mundo, «o lugar mais seguro da terra». A viagem para a Patagónia, até Ushuaia, onde a terra quase acaba e já é a Província da Terra do Fogo, Antártida e Ilhas do Atlântico Sul, está narrada naquele que é considerado um dos grandes clássicos da literatura de viagens e que conferiu a Chatwin um incontornável estatuto de autor de culto.






Na Patagónia integra agora a coleção Terra Incognita, da Quetzal Editores. Chega às livrarias a 7 de agosto, com tradução de José Luís Luna.



Fascinado por estas paragens desde a infância, Bruce Chatwin narra as viagens por aquele lugar remoto, contando os encontros e assombrações que o vão acompanhando na sua peregrinação. Numa escrita prodigiosa, plena de descrições cruas e de personagens intrigantes, Na Patagónia capta o espírito do lugar e dos seus habitantes, conferindo-lhe uma expressão poética e histórica.

«Livro mítico da chamada “literatura de viagens”, Na Patagónia é tudo menos um apelo ao turismo nas terras do sul – é, antes, uma chamada à reconstrução da paisagem e daquelas personagens reais a que Chatwin dá vida, ressuscitando-as passo a passo», resume Francisco José Viegas no texto introdutório que abre caminho até ao lugar seguro do fim do mundo.


Terra Incognita é o nome da nova coleção de literatura da Quetzal. Mais do que livros de viagens, com um formato especial, reúne títulos e autores que desprezam a ideia de turismo e fazem da viagem um modo de conhecimento.


#must#itmustbegood#revistamust #napatagonia #livro #viagens #ler #leitura #quetzal #literatura #brucechatwin #mundo