top of page
  • Foto do escritorbegoodmust

Este Natal surpreenda com uma mesa colorida, exótica e cheia de frutos tropicais!

A Fábrica de Faianças Bordallo Pinheiro tem uma coleção inspirada nos Frutos Tropicais, onde não faltam as cores sumarentas que nos prendem o olhar e nos deixam a pensar nos seus sabores e aromas. E se este Natal a sua mesa da Consoada fosse decorada com estas louças lindas e coloridas em forma de frutos exóticos?!




Eis um conjunto de 24 peças – entre taças, pratos, saladeiras, travessas e caixas – tão genuínas que nos levam a viajar por destinos mais exóticos, e pela génese naturalista e fantasiosa da obra de Raphael. Peças, meticulosamente, pintadas à mão, podem ser combinadas num mix&match, realçando ainda mais as cores vivas de cada elemento ou em mono-fruto, em qualquer das opções o impacto visual não deixa ninguém indiferente.



A nova coleção Frutos Tropicais é um hino à exuberância e aos detalhes da natureza no seu estado mais puro. A Pitaia, o Kiwi, o Maracujá, a Papaia, a Anona, o Coco e o Abacate foram recriados com recurso a diversas técnicas manuais que lhes conferem cores, texturas e relevos tão reais que nos poderíamos julgar em plena floresta tropical.




Kiwi - Talvez um dos frutos mais familiares desta nova coleção, o Kiwi destaca-se pelo seu verde vivo pontuado pelas sementes negras, coladas e pintadas à mão.



Pitaia - Também conhecida comofruta do dragão, devido à sua casca escamosa e espinhosa, a Pitaia representou um desafio para a manufatura da marca , visto cada pétala ser criada

individualmente, tornando-as únicas.



Maracujá - Sempre que olhamos para o interior do nosso Maracujá, sentimo-nos a mergulhar

numa imensidão de amarelo radiante, tão pigmentado e polposo que quase lhe conseguimos sentir o sabor.



Papaia - Com cores muito vivas e contrastantes por dentro e por fora. O exterior tem a curiosidade de ostentar riscas verdes texturadas. O interior é de um laranja vivo e alegre, onde pontua um conjunto de pevides muito escuras.



Anona - Um fruto polposo com sementes bastante salientes e escuras, cujo exterior com um verde claro e casca em escamas contrasta elegantemente com o interior bege.



Coco - A textura exterior do Coco recriada nestas peças ilude-nos o tato, levando-nos a pensar que estamos em contacto com o fruto real, algures em paragens mais distantes e paradisíacas.



Abacate - Sabe o drama de saber se o Abacate está no ponto? Esqueça isso. A rugosidade do seu exterior e a suavidade do seu verde são a garantia de que o Abacate está pronto para levar todo o exotismo da nova coleção à sua mesa.



Relativamente ao processo criativo e às fases complexas de produção, conta o Designer

Coordenador da Bordallo Pinheiro, Francisco Vieira Martins: “Foram adquiridos os frutos para

replicar as suas características, como as sementes e as texturas, em várias fases do processo. Para as texturas, por exemplo, foram reproduzidas a partir dos frutos depois de secos, usados para carimbar o barro. Neste processo usaram-se várias ferramentas tradicionais e diferentes técnicas ancestrais.

Todo o processo foi muito desafiante, exigente e moroso, culminando numa linha estética e

tecnicamente muito rica, e de grande ecletismo, onde claramente se distinguem as + operações manuais. Exalta o naturalismo tropical, por este mesmo rigor, que esteve sempre presente desde a criação.”


Comments


bottom of page