• CarlaRibeiro

Quinta de La Rosa rosé de 2017: um vinho com uma bonita cor salmão

Alia a frescura à estrutura, tendo uma boa amplitude na hora de o beber: como um aperitivo refrescante ou à mesa, com saladas, peixes magros e carnes brancas.


O ‘Quinta de La Rosa rosé 2017’ revela-se vinho com uma bonita cor salmão.

No nariz sobressai o aroma floral, fresco e muito delicado. Na boca denota boa fruta, com destaque para as notas de groselha.

É muito suave e leve, harmonioso e elegante. No fundo, é a expressão do terroir duriense e o par ideal para este Verão!


Este vinho é uma ode à tradição vitivinícola da mais antiga região do mundo, uma vez que é feito a partir de uma variedade de castas autóctones e, por isso, comummente utilizadas na produção de vinho do Porto – mistura de castas em Vinhas Velhas, Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca –, e feito “como antigamente”, pelo método de sangria, ou seja, a partir do primeiro mosto que se obtém na feitoria do vinho do Porto Vintage.


Um aperitivo refrescante e simultaneamente um vinho gastronómico



O enólogo Jorge Moreira viu-se “forçado” a desenhar um vinho rosado com uma tonalidade mais pálida, mas sem perder o seu carácter de terroir

#must #revistamust #itmustbegood #quintadelarosa #rose2017 #vinho #douro #mustwine #wine #winelovers #lovewine #portugal #ilovewine #dourolovers #portuguesewine #vinhosdeportugal #adega #vinha #uvas #taste #travel #experience #winetasting #tastewine #bebida #enologia #garrafeira #theportuguesewineexperience

@it.must.be.good