• CarlaRibeiro

Vem aí um novo restaurante que vai ter um dragão no centro da sala

O Grupo Amorim Luxury prepara-se para abrir um novo restaurante e bar que celebra a extensão do conceito de lifestyle JNcQUOI numa vertente asiática com inspiração portuguesa. Tendo como pano de fundo os Descobrimentos Portugueses e a sua influência na gastronomia asiática, o JNcQUOI Asia será uma mistura de sabores autênticos oriundos do reino da Índia, Sião, China e Japão.



Com uma localização privilegiada, no 144 da Avenida da Liberdade, em Lisboa, o segundo espaço JNcQUOI será inagurado em Julho de 2019, oferecendo uma área total de 950 m2 e uma capacidade de 300 lugares divididos em quatro espaços: Bar, Restaurante, Sushi-Bar e Terraço.



O espaço, concebido pelo mesmo arquitecto que projectou o JNcQUOI Avenida - Lázaro Rosa Violán – desenvolve interiores sofisticados e ambientes casuais de uma funcionalidade eclética, apostando na singularidade dos elementos, sendo de destacar a réplica de um poderoso dragão no centro da sala de jantar.


O projesto teve origem nas experiências de Miguel Guedes de Sousa - CEO do Grupo Amorim Luxury - durante uma década no continente asiático, onde teve a oportunidade de explorar diferentes culturas e os seus sabores gastronómicos.



O JNcQUOI Asia conta a história dos “Heróis do Mar, os navegadores portugueses do século XVI que representavam uma nação aventureira, curiosa e tenaz e que abriram as rotas do comércio marítimo com a Ásia.



O melhor cocktail-bar de Lisboa

Situado à entrada do espaço, marcado por uma decoração intimista onde se realçam os pratos portugueses e orientais no testo, o cocktail-bar tem capacidade para 90 lugares sentados, alguns com vista para a Avenida da Liberdade. Um espaço de vários ambientes onde será possível provar a melhor selecção de vinhos e cocktails bem como de sakés e whiskeys japoneses e onde será apresentado um programa de entretenimento único, prometendo ser o melhor bar de Lisboa.


O destaque vai, contudo, para um mapa-mundi de azulejos portugueses de 4,54 x 2,27 metros, criado pela fábrica Viúva Lamego. Desenvolvido pelo historiador português Virgílio Gomes, o mapa “Rotas Gastronómicas dos Descobrimentos Portugueses” reconta episódios da história dos Descobrimentos e apresenta as rotas gastronómicas que os portugueses criaram e que ajudaram a estabelecer a primeira nação verdadeiramente global. 


Restaurante asiático

Está situado na zona central do espaço. Apresentando 112 lugares sentados, a sala de jantar revela um ambiente de tons fortes onde se destacam os vermelhos, dourados e verdes e o uso de materiais como o veludo, a madeira e a pele.



A cozinha, desenhada ao pormenor, apresenta o equipamento tradicional de cada região, desde o forno Tandoori e de Pato à Pequim até ao grande Grill Robatta e às várias estações de Wok, garantindo assim o mais autêntico sabor regional. A direção gastronómica do restaurante estará sob as mãos do Chef António Bóia, Chef Mário Esteves e ainda de Sous Chefs especializados em cada cozinha - Indiana, Tailandesa, Japonesa e Chinesa - sendo de destacar a consultoria por parte do conceituado Chef de cozinha asiática, David Thompson.


Com o objectivo de desenvolver a carta e descobrir mais acerca dos verdadeiros sabores asiáticos, o Chef António Bóia viajou pela Tailândia e China à procura dos melhores restaurantes de comida tradicional e dos melhores fornecedores asiáticos, enquanto que o Chef Mário estagiou no restaurante Rim Naam, no Hotel Mandarin Oriental em Banguecoque, no restaurante Japonês Unkai e restaurante chinês Karin, ambos no Hotel Intercontinental, em Tóquio.


Sushi-Bar

É um espaço dedicado especialmente à prova de sushi. A barra, desenhada em formato rectangular de showcooking, tem 45 lugares sentados, permitindo contemplar não só a preparação das peças pelo Sushiman como também o peixe mais fresco, exposto em montras refrigeradas debaixo do balcão. O sushi estará a cargo do premiado Sushiman português Miguel Bértolo, que conquistou o segundo lugar na competição Edomae Sushi no World Sushi Cup em 2017, no Japão.


Terraço e esplanada 

O espaço exterior do JNcQUOI Asia pretende criar a ilusão de um passeio nas ruas movimentadas de Tóquio, Banguecoque e Hong Kong. Inserido numa esplanada rodeada de um jardim interior com capacidade para 50 pessoas, este é o espaço perfeito para uma refeição em dias mais quentes.


Tudo organizado de acordo com o Feng Shi

Os espaços e a disposição das características decorativas e funcionais do JNcQUOI Asia foram organizados sob os preceitos da antiga arte chinesa do Feng Shui bem como de outras disciplinas ambientais, como Radiestesia e Biogeometria,  a fim de criar uma atmosfera benéfica e uma sinergia de energias positivas - harmonia, felicidade, paz e prosperidade. Tendo como consultor o especialista em harmonização de espaços, Alberto Amura, o método aplicado inclui o uso de elementos específicos, envolvendo combinações de metais, pedras semipreciosas naturais, símbolos específicos e o uso de certos tipos e intensidades de luzes e cores ambiente. Alberto Amura forneceu as orientações necessárias sobre a seleção de peças ornamentais tais como pinturas, gravuras e estátuas ligadas à natureza e ao forte simbolismo do Feng Shui, promovendo uma maior sintonia de modo a criar um ambiente positivo. A presença de áreas verdes e a distribuição espacial cuidadosamente organizada contribuem também para o fluxo do Chi, criando um ambiente descontraído e acolhedor.


 #must #revistamust #itmustbegood #amorimluxury #JNcQUOIAsia #asia #gastronomia #sabores #novorestaurante #grupoamorim #fengshui #oriente #lisboa #avenidadaliberdade

@it.must.be.good