• CarlaRibeiro

Faça uma roadtrip de autocaravana pela estrada mais comprida de Portugal

Pode começar a sul, por Faro, ou a norte, por Chaves. O importante é alugar uma autocaravana e partir à aventura pela Estrada Nacional 2, a estrada mais comprida de Portugal

A Estrada Nacional 2 (EN2), com os seus longos 738,5 quilómetros, atravessa o País de uma ponta à outra, e pode ser um excelente roteiro para conhecer alguns dos melhores recantos de Portugal. Para quem gosta de percorrer as estradas portuguesas à procura de bom tempo, momentos de lazer com a natureza e a liberdade para decidir, hora após hora, o próximo destino, a momondo, motor de busca de viagens, hotéis e carros de aluguer, sugere que faça uma roadtrip de autocaravana.


As autocaravanas têm todas as comodidades

A maior parte das autocaravanas têm todas as comodidades que são precisas para que a aventura corra sobre rodas. Mas existem particularidades que é importante conhecer. Não se esqueça que a água, o gás e a electricidade são limitados, por isso, vá parando nas áreas de serviço para abastecer o depósito de água potável e descarregar o reservatório das águas sujas. As autocaravanas mais modernas já vêm equipadas com painéis fotovoltaicos, baterias para armazenar a energia, que transformam a energia em corrente alterna, o que permite ter acesso a eletricidade mesmo quando a autocaravana está estacionada fora de um parque de campismo.


Pernoitar em segurança

Lembre-se que deve pernoitar em segurança sem se arriscar a levar uma multa. Existem três situações em que pode pernoitar de autocaravana: parques de campismo, parques de autocaravanas ou num estacionamento público, respeitando as regras do Código da Estrada.

Que comece a aventura

Para começar a aventura, na Estrada Nacional 2 (EN2) pode iniciar-se tanto pelo Norte, em Chaves, como pelo Sul, em Faro, saltando depois de cidade em cidade até à outra ponta. 

1. Chaves

Bem perto da fronteira com Espanha, comece por visitar a Ponte Romana, e não se vá embora sem provar o famoso pastel de chaves, a iguaria local, feita de massa tenra com recheio de carne picada.


2. Vila Real

Rodeada pelo Alvão, o Marão e o Douro, a paragem em Vila Real é obrigatória. Entre os locais a não perder, destacam-se o magnífico Palácio de Mateus e a Sé, assim como as incríveis aldeias vinhateiras que circundam a cidade.

3. Peso da Régua

Era do Peso da Régua (ou apenas Régua, como também é conhecida) que se transportavam os barris de vinho até Vila Nova de Gaia, cidade ainda hoje indissociável do vinho. Passe pelo Museu do Douro para perceber a importância deste património, aproveite para embarcar numa prova de vinhos locais e partilhe o que aprendeu com os seus amigos e familiares.


4. Lamego

Continue o caminho até Lamego, e perca-se num passeio pelo centro medieval, aproveitando para visitar a Sé Catedral. Destaca-se também a beleza do Santuário de Nossa Senhora dos Remédios, com uma incrível escadaria de 686 degraus.

5. Viseu

Em Viseu, pode descobrir porque é que esta já foi várias vezes eleita como a melhor cidade para se viver em Portugal, aproveitando para visitar a Sé Catedral e o Museu Grão Vasco. Prove a especialidade local, o viriato, feito de massa folhada e recheado com doce de ovos.


6. Tondela

Tondela, cidade marcadamente vitivinícola, é a paragem ideal para provar um copo do famoso vinho Dão, apreciando com calma a paisagem da Serra do Caramulo. É também conhecida pelo seu artesanato, nomeadamente as peças feitas de linho, cestaria, ou barro negro.


7. Santa Comba Dão

Perca-se no centro histórico da cidade, com as suas antigas ruas medievais cheias de história, praças, e largos cheios de encanto. Aproveite para visitar uma das casas senhoriais, como por exemplo a lindíssima Casa dos Arcos.


8. Abrantes

Refresque-se na Praia Fluvial Aldeia do Mato e visite o Castelo-Fortaleza de Abrantes. Os doces típicos de Abrantes também são imperdíveis, por isso não deixe de provar as tigeladas e a palha de Abrantes, ambas feitas à base de açúcar e ovos.


9. Ponte de Sor

Ponte de Sor, no Alentejo, é caracterizada pelas lezírias do Sor e os grandes campos de cultivo que rodeiam a cidade. Destacam-se a zona ribeirinha de Sor e a Barragem de Montargil. Aproveite o artesanato local para fazer algumas compras - há peças em mármore decorativo, cestaria em vime ou cortiça.


10. Montemor-o-Novo

A cidade de Montemor-o-Novo, onde se respira calma e simplicidade, tem muito mais para visitar do que as suas conhecidas barragens. Os pontos de interesse incluem o Castelo, o Museu Arqueológico, o Chafariz da vila, a Igreja e cripta de São João de Deus e o Convento de Nossa Senhora da Saudação. Não se vá embora sem provar o famoso licor de poejo e os enchidos de porco.


11. Faro

Chegando a Faro, aproveite os últimos momentos na sua autocaravana. Detenha-se na marina com vista para a Ria Formosa, e delicie-se com o marisco e peixe fresco. Se gosta de praia, aproveite ainda para conhecer a praia de Faro.


Se preferir ficar instalado num hotel talvez seja preferível alugar um carro para fazer a nossa route 66, mas não será o mesmo que viajar de autocaravana, uma experiência que oferece uma flexibilidade incomparável, principalmente para os mais aventureiros.


https://www.momondo.pt/


#must #revistamust #itmustbegood #momondo #viagem #travel #portugal #EN2 #estradanacional #estradadeportugal #peloscaminhosdeportugal #aventura @it.must.be.good