• begoodmust

Os signos e o amor!

Atualizado: Fev 22

Há signos que amam mais que outros, uns sentem uma intensa paixão, outros terão mais ou menos tendência para trair. Joana Dias, Astróloga e Taróloga revela quais são as características de cada Signo relativamente ao Amor. Preparada(o)?


CARNEIRO - 21 DE MARÇO / 20 DE ABRIL

Adoram a química e a sedução da conquista É o primeiro signo do zodíaco, impulsivo, centrado em si, logo não espera muito de ninguém, pois sente-se suficiente e acredita genuinamente que o amor dele chega pelos dois. Regido pelo elemento de Fogo, paixão, logo quando se apaixona, acha sempre que os outros sentem o mesmo, seja isso verdade ou não. Depois, como o planeta que o rege, é Marte, o Guerreiro, acaba por impor nessa paixão e nesse amor toda a intensidade. Se de facto existir química, a mesma será intensa e surpreendente para o/a parceira/o, pela forte energia sexual, pois o planeta Marte confere a estes nativos uma expressão intensa sexual, que trás as ditas borboletas, como tal, dificilmente trai o seu parceiro/a. Quando esse amor não é recíproco, torna-se algo frustrante para estes nativos e podem mesmo tornar-se obsessivos, ou então desistem e ignoram por completo a existência dessa pessoa na sua vida. Mas enquanto esta indiferença não aparece, insistem na conquista, como se de um desafio se tratasse, mas depois quando têm o que querem, acabam por desprezar… pois sentem que deram mais do que receberam e precisam de ser bajulados. Adoram a química, a sedução da conquista… após anos de casamento têm tendência para se tornarem mais chatos, menos sedutores, mas sempre impecavelmente apresentados, a imagem é muito importante. Na relação, odeiam a rotina, adoram surpresas, são altamente possessivos e paranóicos, conseguem ver pormenores que mais ninguém vê, o que os leva a crises na relação se a coerência não for mantida, precisam da verdade, com isso sabem viver, na dúvida jamais. TOURO - 21 DE ABRIL /21 DE MARÇO

São os melhores maridos e amantes É do elemento terra, logo um dos signos mais realistas, o mais perspicaz e teimoso. No amor estes nativos têm uma necessidade básica de domínio e acima de tudo que esse domínio seja reconhecido, ainda assim, o comodismo e a preguiça são altamente catalisadores para se deixarem dominar e acomodar nas relações, mesmo que já não sintam amor. A não ser que sintam algo inatingível, a preguiça esvai-se e estes nativos são persistentes na conquista até terem o resultado que pretendem. Como são regidos por Vénus, têm uma necessidade básica de afeto, ainda que demonstrem pela aparente calma e tranquilidade, que até podem não ter tanto interesse. Apesar de tudo, adoram uma boa aventura amorosa, mesmo que já estejam comprometidos, ainda assim as suas aventuras, jamais colocam em causa o seu relacionamento. Costuma-se dizer são os melhores maridos e amantes, pois costumam sempre ter uma de cada, e altamente possessivos com ambas (odiando dar liberdade, sentem isso como uma crítica amorosa, e amuam), e jamais perdoam uma traição… é aquele velho ditado, eu posso… mas tu não! Adoram cozinhar para quem amam e todos os seus encontros, desde que estejam apaixonados serão sempre românticos. Quando as relações acabam, raramente ficam amigos.


GÉMEOS - 22 DE MAIO /21 DE JUNHO

São nativos dados a paixões platónicas Regidos pelo elemento Ar (mental), e pelo planeta Mercúrio (comunicação), precisam essencialmente de ter ao lado alguém que os oiça. Por norma, estes nativos começam por amizades, que podem ou não levar ao amor. São nativos aparentemente imaturos no que toca às emoções, tornando-se centrados em si e nas suas necessidades, ou seja, quando amam, pouco lhes importa que o outro os ame e quais as suas necessidades, desde que os oiçam e estejam para eles quando precisam. Sabem manipular como ninguém, no que toca às emoções, pois conseguem analisar muito bem emocionalmente os outros, sem terem de demonstrar as suas próprias emoções. Assim, são mais de curtir e seduzir a conquista. Quanto mais difícil a conquista se torna, mais “apaixonados” estes nativos se mostram e quanto mais desafios existirem na conquista, mais apaixonados ficam, daí a tendência para se tornarem amantes, pois acabam por entrar numa competição, não por quem supostamente se apaixonaram, mas com a pessoa com quem o foco da paixão namora ou é casada. São nativos dados a paixões platónicas, pois o sentido de compromisso é desafiante para eles, daí tornarem-se mais facilmente amantes dos amigos. O romantismo forma parte do seu jogo amoroso, assim como a melancolia. Como as relações sexuais exigem um envolvimento que não gostam, uma vez que supõe responsabilidade e um mínimo de compromisso, acabam por converter os amantes amigos, não por não gostarem de sexo mas sim porque prevalece o intelecto, acabando até por serem um pouco supérfluos, nada ciumentos. Não é só responsabilidade sua, os companheiros destes nativos, acabam por optar por isso mesmo uma vez que é a forma de poder chegar ao coração de deles. No casamento, desde que sintam que o parceiro é amigo, pode ser que seja duradouro, só casam a pedido, pois odeiam as formalidades, e tem de haver uma constante inovação na relação e muita conversa. CARANGUEJO - 22 DE JUNHO / 23 DE JULHO

São ciumentos e possessivos e o que mais desejam é serem amados Estes nativos são regidos por Água e pela Lua e por isso são muito emocionais, para eles todas pessoas e relações são importantes. Só sabem viver através das mesmas e da intuição. Apaixonam-se com uma facilidade tremenda, não sendo indiferentes a ninguém, dando azo a múltiplas relações, sendo que ficam calados que nem ratos sobre o assunto e negam até à morte se foram apanhados, mas mentem com toda a elegância que se lhes conhece. Quando alguma coisa não vai bem na relação amuam, fecham-se sobre eles próprios, parecem bipolares, fortes mudanças de caráter e humor dependentes das fases da lua. De repente, sem prévio aviso, podem-se fechar e não dirigem a palavra a ninguém ou mostram-se chateados com a mais leve crítica ou sentem-se umas vítimas. Isto trás grandes desafios para a estabilidade nos relacionamentos. Estes nativos, ou os aceitamos assim ou são o cabo dos trabalhos. São ciumentos e possessivos e o que mais desejam é serem amados e reconhecidos. São os nativos mais carentes, que adoram ter um relacionamento, pois sentem mesmo uma solidão incrível, tornando-se disfuncionais, logo acreditam no casamento e é um dos objetivos de vida, pois adoram a tradição e os bons costumes. A comida também é fundamental, na casa destes nativos vamos sempre comer bem e em abundância. São extremamente dedicados ao amor e gostam de ter atenção e muito carinho. Para namorar estes nativos é necessário ser uma pessoa presente e entender que o amor não é só beijos e sexo, que vai muito além de tudo isso, é companheirismo, muito carinho e demonstração de sentimentos bons. LEÃO – 24 DE JULHO / 23 DE AGOSTO

Vivem o amor com todo o luxo que podem permitir-se Este é um signo de Fogo regido pelo Sol. Logo, gosta de brilhar e ser o centro das atenções, odeia ser e estar em segundo plano. Nem todos os Leoninos querem ou necessitam de uma relação amorosa que dure para toda a vida. Na realidade, o que os atrai é mais a ideia de dispor de várias pessoas que fiquem perdidamente apaixonadas por ele e o admirem sem reservas. Tem uma personalidade magnética que atrai, sobretudo aos signos de Água (caranguejo, Escorpião e Peixes). Sempre que Leão começa uma relação, existe sempre uma troca, é generoso e desprendido, dá tudo de si, desde que os que estão à sua volta o vejam em forma de admiração e reconhecimento. Nas suas relações amorosas, são amantes ardentes e cheios de vitalidade, são constantes no amor, não estão sujeitos a mudanças de humor e é improvável que troquem de companheiro por própria iniciativa. Só o fariam se essa pessoa os chamar de egoísta, porque a única coisa que o Leonino não suporta nem perdoa são as críticas e as traições. Sobretudo as que acertam. Vivem o amor com todo o luxo que podem permitir-se pois Leão ama o grande, logo é galanteador, o esplêndido, logo é sedutor, a riqueza, logo as suas casas são belíssimas e luxuosas, o belo. Tem muitas oportunidades de ser infiel e, de fato muitas vezes o é (ainda assim não perdoa se for traído), apesar de que ter uma família é algo que gosta, uma vez que desta forma domina, ensina e educa. Gosta de dominar, graças ao elevado conceito que tem de si. Educa os filhos com uma grande amplitude de meios, esperando que algum dia tenham as riquezas que ele não teve. Apaixonado, Leão ama com uma ternura infinita e uma dedicação completa. Eles são extremamente aventureiros e gostam de sair da rotina no amor, por isso, para os encontros aposte em lugares diferentes e que farão com que a conversa viaje para longe, e elogios, muitos elogios sinceros, claro. VIRGEM - 24 DE AGOSTO / 23 DE SETEMBRO É leal e fiel, leva o casamento a sério

Estes nativos são regidos pelo elemento Terra, precisam de estrutura e pelo planeta de Mercúrio, comunicação, logo transversalmente na vida são sistemáticos e no amor também. Precisam acima de tudo de reconhecer nos seus parceiros a inteligência, têm uma necessidade de os admirar e de sentirem que, aos seus olhos são perfeitos e os mesmo têm de ser capazes de despertar a sua curiosidade, pois de outra forma não vão conseguir entrar dentro das suas reservas uma vez que são poucos os que permitem quem lhes toquem na alma. Querem muito apaixonar-se mas são tão práticos e pragmáticos que é difícil apaixonarem-se, são desconfiados por natureza, prudentes e acima de tudo tímidos. Quando se sentem confortáveis, no início dão aso a uma amizade de quem por perto fica. Para os conquistar é preciso muita sedução, muito cortejo, honestidade e verdade, pois sabem lidar com a mesma. Apesar desta timidez e das dificuldades emocionais, são munidos de um sex-appel muito bom e atraente, são também metódicos, esquivos, obsessivos com os detalhes (o que na intimidade pode ser um autêntico desastre) e a sua dedicação ao trabalho, deixam pouco tempo para as aventuras amorosas. É normal que se tornem amantes, os amores acontecem quase sempre com outros signos de terra (Touro e Capricórnio) porque os de Fogo não entendem a sua paciência e insistência em fazer as coisas como é devido. Por outro lado, os signos de Ar ficam nervosos com a forma de Virgem levar tudo a sério. Apesar de que os de Água, por serem compreensivos, se dão bem com Virgem nas questões amorosas. Apesar de tudo, baixam a guarda quando entendem que a pessoa alvo do seu amor, precisa da sua proteção e cuidado. É leal e fiel, leva o casamento a sério, como em tudo, como sabem o que querem raramente pedem divórcio a não ser por desonestidade intelectual. No encontro, aproveite para falar sobre a sua vida e deixe espaço para estes nativos falarem tudo o que sentirem vontade, pois é desta forma que se conquista alguém do signo de Virgem no amor.


BALANÇA - 23 DE SETEMBRO / 22 DE OUTUBRO Fazem tudo para agradar a pessoa alvo do seu afeto

São nativos regidos pelo elemento Ar, mental e por Vénus, planeta do prazer, são os representantes das relações, logo têm uma necessidade quase visceral de se relacionarem, para tudo, partilha de ideias, sonhos, dia-a-dia. São sedutores por natureza, pois nascem com recursos internos de conquista, uma vez que são os maiores diplomatas, pela sensibilidade e sorriso fácil. São sempre bonitos, elegantes, inteligentes, com uma comunicação natural, adoram atrair o que é bonito e carismático, adoram ser amados, sentem-se cheios de energia quando encantam e se deixam encantar, logo apaixonam-se fácil, fácil, daí terem a fama de serem infiéis nas relações amorosas. No fundo, estes nativos querem estar sempre acompanhados ou num casamento e acomodam-se facilmente havendo paz, tranquilidade e comunicação em casa. São nativos amorosos, com uma sensibilidade brilhante, que os torna apetecíveis, gostam de vaguear perante todos os sentimentos e fazem tudo para agradar a pessoa alvo do seu afeto. ESCORPIÃO - 24 DE OUTUBRO / 22 DE NOVEMBRO Quando amam, fazem-no de corpo e alma

Estes nativos são regidos pelo elemento Água, que trata das emoções, e pelo planeta Marte, o guerreiro, que lhes confere uma fortíssima energia sexual, ainda que seja inconscientemente, por todas as pessoas que se relacionam com eles. Isso não significa que todos os nativos devem despertar desejos sexuais nos outros, mas as emoções físicas desse nível põem-se em atividade quando um estes nativos andam pelo meio. Da mesma forma, são reservados, o que os torna inalcançáveis, difíceis de manter relacionamentos longos, são misteriosos, características estas que são as que mais os definem devido à intensidade com que os manifestam, pois são regidos por Plutão também, o planeta transformador. Têm um autocontrole muito grande sobre os seus instintos, o que faz com que para estes nativos, o amor não se entende se não se tratar de uma paixão abrasadora que apaga todas as demais coisas ao seu redor. Como ama a tragédia acima de tudo, estes nativos sentem-se muito atraídos pela combinação calor/frio do amor-morte. É um maestro no sadomasoquismo (na cama não tem preconceitos), o amor misturado com o ódio, e os seus excessos sensuais podem ser seguidos de períodos de completa abstinência que se entendem pela capacidade de autocontrole que possui. No casamento são desafiantes, pois a sombra dos ciúmes está omnipresente, logo a necessidade de possuir torna-os obsessivos, acabando por verem coisas onde realmente podem não existir. Podem levar ao final de uma relação se sentirem essa insegurança e falta de confiança, são leais e fiéis e precisam desse compromisso, de outra forma não resulta. Na realidade quando amam, fazem-no de corpo e alma, mas são raros os momentos que se permitem a isso, são dedicados e sentimentais, não gostam de ser enganados ou desprezados e são rancorosos e vingativos. SAGITÁRIO - 23 DE NOVEMBRO / 21 DE DEZEMBRO

Encaram as conquistas amorosas com um extraordinário otimismo Estes nativos são regidos pelo elemento Fogo o que lhes confere uma natureza alegre, entusiasta e idealista (vivem um amor sempre diferente, sentem como único), e encaram as conquistas amorosas com um extraordinário otimismo. Uma vez que é um conquistador, quando se apaixona vai até à medula, pois acredita na perfeição do amor ideal. São curiosos mas nada tem a ver com a fofoca nem a maldade. Simplesmente interessam-se por pessoas com as quais se identificam e querem entrar num relacionamento. Quando casados, estes nativos, têm tendência ao drama, a criar conflitos onde eles não existem, trazendo discussões, choros, é mais forte que eles, daí que casar com Sagitários é um desafio daqueles. Muitos dos Sagitarianos, que conhecem a sua natureza e sabem o que acontece, optam por se manterem solteiros assim evitando os problemas que eles próprios arranjam por serem promíscuos afetivamente, tornando-se cruéis. O sexo é altamente catalizador para estes nativos, são criativos e precisam disso como o ar que se respira, para se sentirem de bem com a vida. CAPRICÓRNIO - 22 DE DEZEMBRO / 20 DE JANEIRO

Quando se casa, é para a vida mas tem de ter tudo organizado Este signo é regido por Terra, estabilidade e pelo planeta Saturno, lento, o que faz com que sejam amorosamente cautelosos e avaliam sempre o custo/benefício antes de entrarem numa relação. Pessimistas, medrosos perante tudo o que não controlam, são taciturnos e reservados, amam trabalhar e portanto só uma pessoa que tenha carisma, “poder” e mostre força de trabalho poderá eventualmente conquistá-los, para se abrirem a essa entrega, de outra forma nem dão troco. Entendem o amor como algo cheio de responsabilidades, desprovido de cor e que os afasta do seu propósito: o reconhecimento na sociedade publicamente. Ainda assim, quando se casa, é para a vida mas tem de ter tudo organizado, e será sempre para aumentar o status social, divorciam-se quando o seu parceiro/a se passe uma vez que, apesar de não darem caso, são dados a casos. São infiéis por natureza, pois este ar taciturno e reservado conferes-lhe um sex appeal desafiante, que lhes oferece infantis oportunidades de aventuras, muitas porque são oferecidas de bandeja pelo destino, outras porque eles mesmos buscam. É um signo Cardinal, dos que não esperam que a casualidade lhes ofereça as coisas feitas, assim é que aproveita a mínima oportunidade que se apresente no terreno amoroso. A favor destes nativos, quando se apaixonam, ficam tipo adolescentes, ficam felizes, sorriem e até falam, podem até aprender a brincar e passam a vida a ligar…. Mas será sol de pouca dura. Gostam muito mais do dinheiro que de sexo mas, quando se libertam são amantes apaixonados e inclusive solícito, sempre de poucas palavras e demonstrações de afeto. AQUÁRIO - 21 DE JANEIRO / 19 DE FEVEREIRO

Adoram a troca da química Estes nativos são regidos pelo elemento Ar, Intelectual e pelo planeta Urano, o vanguardista, procuram nas relações “coisas” diferentes do que esperam o resto dos signos. São também regidos por Saturno, logo quando se entregam ao amor, será para a vida. Decidem o divórcio quando sentem desonestidade intelectual, quando o parceiro/a mente mas, mesmo havendo traições, são aqueles nativos que, desde que a pessoa seja honesta, entendem, até porque também, são dados a poder brincar, mas assumem com toda a honestidade tudo o que fazem, são livres de qualquer preconceito. O básico para eles é serem livres e manterem intacta a sua identidade quando se unem a outra pessoa, nem se deixam levar pelo estado irreal da paixão. São desconfiados e preferem a clareza do pensamento, são honestos intelectualmente, são fascinantes e complicados, exercem uma forte atração pelo sexo oposto, pelo ar ausente que apresentam, apenas pelo ar, pois são altamente observadores e detalhistas, diferentes de todos os outros. Na conquista amorosa são motivados pela resistência pois adoram o jogo da sedução. São nativos que, para se entregarem ao sexo, primeiro têm de lhes conquistar o intelecto, pois são práticos e pragmáticos, acabando por racionalizar as emoções. Por tudo isto, as relações sentimentais que estabelecem são algo frias, controladas e realistas. Mais que um encontro físico, estes nativos esperam que as relações sirvam para a troca de pensamentos e ideias com as pessoas de quem gostam. Amam os amigos, adoram a troca da química, sem a entrega, pois gostam do respeito pela independência e compromissos de todos. PEIXES - 20 DE FEVEREIRO / 20 DE MARÇO São intensos, amorosos e apaixonados

Estes nativos são regidos pela elemento Água, o que faz com que sejam emocionalmente complexos, são introvertidos e contraditórios, nas relações amorosas, são gentis e bondosos e procuram estímulos emocionais que preencham o seu mundo. Regidos por Neptuno, são apaixonados pouco exigentes com o seu companheiro/a no que se refere ao caráter, ideias ou forma de vida porque o que de verdade lhes interessa é o muito ou pouco que o seu amante se envolva na relação que os une, uma vez que se adaptam às personalidades mais variadas, seja a um egocêntrico Leonino, um independente Aquariano ou um possessivo Touro, e é normal que adquira os gostos ou interesses do seu companheiro/a. Para além de se apaixonar até à cabeça dessa pessoa, absorve tudo o que é e faz essa pessoa. É uma das suas formas, ainda que seja inconsciente, de se render à admiração e de lhe mostrar que a compreende. Peixes têm uma grande tendência por se apaixonarem por pessoas extrovertidas e extravagantes que até os possam tratar sem consideração e, em lugar de se revelarem e irem embora, permanecem fiéis a essa relação que colocam no centro da sua vida, pois amam com total abnegação e entrega. Compassivos, compreensivos, doces e sensíveis, estes nativos estão sempre dispostos a amparar os que necessitam, mas pedem ao seu amante que jogue o papel de protetor. Como é um signo que está submetido a fortes tensões emocionais, são intensos, amorosos e apaixonados. Não só pela pessoa como também pelo amor em geral. Mas precisam de estar atentos pois, são tão sonhadores, que imaginam um amor platónico, sonham com carinho, com encontros perfeitos. Quando amam são capazes de sacrificar tudo pelo amor.


www.joanadias.pt joanadiasautora joanadiasoficial
















#must #itmustbegood #revistamust #signos #amor #zodiaco #paixao #sexo #signoseamor #astrologia #joanadias