• CarlaRibeiro

No novo transATTLAntico de Lisboa não há plásticos

Do Atlântico para o mundo, André Fernandes e Rita Chantre regressaram a Portugal após anos de viagens para abrir o ATTLA, um projecto vindo do coração. 



Neste restaurante em Alcântara, numa antiga padaria, o casal investiu tudo para criar um sítio absolutamente distinto da oferta existente em Lisboa. No ATTLA, do espaço, confortável e moderno, a lembrar um ‘bistrot’ parisiense, à proposta gastronómica, profundamente autoral, onde se fundem os sabores e aprendizados de André nas suas viagens, nada é igual.


 De todas as suas aprendizagens culturais nasceu a actual cozinha de André, um inspirado cruzamento de sabores e referências pelo mundo, que se traduz em pratos deliciosos, que chegam invariavelmente limpos à cozinha. “A minha proposta gastronómica é uma fusão do que aprendi e vivi nas minhas viagens, e que se traduz em influências sem fronteiras”. Tudo isto ancorado em conceitos-chave como a sazonalidade e a sustentabilidade. No ATTLA não há plásticos, tudo se aproveita (Zero Waste) e todos os produtores são maioritariamente da região de Lisboa, para garantir a melhor frescura. É desta proposta singular que nasce o ATTLA, sob os auspícios do Atlântico e do mundo.


Onde fica:

Morada: R. Gilberto Rôla, nº 65, Lisboa

Reservas: 211 5105 55


#must #revistamust #itmustbegood #restaurante #ATTLA #gastronomia #comida #sabores #cozinha #lisboa #cozinhadomundo #semplasticos @it.must.be.good