• CarlaRibeiro

Como tratar do cabelo quando treina em casa

Carlos Portinha, coordenador clínico do Grupo Clínico Saúde Viável, explica quais os cuidados a ter durante a prática desportiva que, por estes dias, acontece sobretudo em casa.


Ainda em período de confinamento, fazemos das nossas casas o local de trabalho, espaço de brincadeiras familiares, mas também o ginásio. Numa fase em que muitos estabeleceram, nas suas rotinas diárias, práticas de exercício para combater a sedentariedade própria deste período, é importante saber como cuidar do cabelo durante e após o exercício físico – seja em casa, seja na rápida e curta corrida no exterior que alguns preferem fazer (evitando sempre a proximidade física com outros transeuntes).


Por um lado, temos de cuidar do nosso cabelo durante a prática desportiva. Por outro, temos, após os treinos, de adequar os nossos rituais de higiene capilar. Se queremos manter o cabelo saudável e bonito, além de impedir sua queda a longo prazo, devemos ter cuidados específicos aquando da prática desportiva.

DURANTE O TREINO

1. Se tem cabelo longo, mantenha-o preso em tranças ou com apliques. No caso de mulheres e homens com cabelos compridos, o ideal é mantê-lo preso durante a atividade física por meio de tranças ou apliques que permitam libertar o rosto. Mas tenha cuidado, porque a maneira como prendemos o cabelo também pode contribuir para a deterioração do mesmo e até para a sua queda a longo prazo. Tranças e cabelos apanhados sim, mas relaxados, sem tensão e sem humidade, para evitar a queda.

Tome nota:

  • Evite a tração excessiva: Evite prender o cabelo com força excessiva. A longo prazo, isso pode desencadear a perda de cabelo devido à tensão constante no couro cabeludo. Chama-se a este efeito “alopécia por tração” e afeta a área da testa e das têmporas.

  • Cuidado com elásticos: opte por elásticos largos que não quebram os cabelos e não exercem muita tensão. Um tipo inadequado de goma também pode favorecer uma tensão prejudicial no couro cabeludo.

  • O cabelo deve estar seco: fazer um rabo de cavalo ou um coque com os cabelos ainda molhados pode ser tentador, especialmente nos dias de maior calor. Mas tal é prejudicial ao cabelo.


2. Evite exposição ao sol. Se estivermos a falar de uma atividade ao ar livre (lembre-se, nesta fase, sempre num período curto e nas redondezas de sua casa), é essencial proteger o cabelo da exposição ao sol. O sol contribui para a oxidação dos cabelos, danificando sua estrutura e alterando a coloração. O resultado é um cabelo desidratado, sem brilho ou vitalidade.

Não se esqueça:

  • Recorra ao uso de bonés e protetores solares específicos para o cabelo, medidas que podemos aplicar separadamente ou em combinação, dependendo das características da atividade que vamos realizar. Por exemplo, se usarmos um chapéu enquanto praticamos desporto este deve ser feito de um material leve que permita a transpiração e evite que a humidade se acumule no couro cabeludo como resultado da transpiração.

  • É importante que o cabelo respire e não seja afetado pela humidade. Se usar rabo de cavalo é melhor desfazê-lo ocasionalmente para descansar o couro cabeludo e o cabelo. Se usar um chapéu, tire-o de vez em quando, para permitir que o cabelo seque levemente de forma a que a humidade não danifique o couro cabeludo.

  • No caso de haver perda de cabelo em algumas áreas da cabeça é essencial cobri-la com um chapéu.

Não devemos esquecer que, para o couro cabeludo, a calvície (parcial ou total) implica a perda de sua proteção natural contra a ação prejudicial da exposição prolongada ao sol, o que a torna mais vulnerável ao aparecimento de cancro de pele.

APÓS O TREINO

  1. Lave sempre o cabelo depois de um treino. A primeira pergunta que geralmente surge em relação aos cuidados com os cabelos quando uma pessoa realiza treino diário (ou quase) é a frequência necessária de lavagem. E aqui devemos banir o mito de que lavar o cabelo todos os dias faz com que ele caia. Porque é exatamente o oposto: um couro cabeludo oleoso favorece a perda de cabelo. Assim como após cada treino tomamos banho para remover o suor e as toxinas da pele, devemos fazer o mesmo com o couro cabeludo e o cabelo para mantê-los saudáveis. A transpiração que ocorre durante a atividade física causa a lubrificação dos cabelos, especialmente na área das raízes, deixando-as oleosas. A lavagem é essencial após cada sessão, especialmente nos casos em que a atividade física em questão envolve o uso de produtos de fixação, pois isso deixa resíduos no cabelo que, em combinação com a transpiração, tornam-se um cocktail perigoso para a saúde capilar.

  2. Evite lavar o cabelo com água muito quente. Devemos ter em mente que o cabelo fica mais oleoso com água muito quente. Por isso, no final de cada treino, mesmo que nos apeteça um banho quente, devemos evitá-lo, uma vez que a água a altas temperaturas aumenta a oleosidade do couro cabeludo, o que não é benéfico para a saúde capilar.

  3. Utilize um champô neutro de qualidade. Após a rotina de treino, é aconselhável lavar o cabelo com um champô neutro de qualidade (por exemplo, no caso da linha de champôs da Saúde Viável, recomendamos o

  4. NutriPlus ou o Prevent HA, combinados sempre que necessário com condicionadores ou máscaras que facilitam o penteado e evitam a quebra da fibra capilar com a escovagem (com o Prevent HA tal não é necessário).

  5. Seque o cabelo após a lavagem. É essencial secar o cabelo com o secador para garantir a boa saúde do mesmo e do couro cabeludo. A maneira mais segura de fazer isso é, após remover a humidade com a toalha, secar com secador sempre a baixa temperatura e mantendo uma distância segura para não danificar o cabelo. Devemos evitar deixá-lo molhado, mesmo no verão, pois tal é uma má prática para a saúde capilar.


Nestes tempos tão exigentes para nós, promova o exercício e um estilo de vida saudável – mesmo que em casa. Estabeleça rotinas saudáveis, tenha uma dieta equilibrada. E cuide do seu cabelo. Cuidar do seu cabelo é cuidar da sua saúde. Fique em casa. Cuide de si e dos seus.


Carlos Portinha,Coordenador Clínico do Grupo Saúde Viável e do Grupo Insparya

#must #itmustbegood #revistamust  #cabelos #tratardoscabelos #treinaremcasa #saudeviavel #saudecapilar #GrupoClínicoSaúdeViável #teletrabalho #trabalharemcasa #covid19 #pandemia #quarentena #fiqueemcasa #ficaemcasa