top of page
  • Foto do escritorbegoodmust

Vhils homenageia o icónico designer da MINI com uma nova intervenção

Alexandre Farto, artista português de renome internacional, mais conhecido como Vhils, presta homenagem a todos os criadores e inventores na sua nova obra, criada com recurso a uma nova técnica.


Alexander “Alec” Issigonis, designer e engenheiro britânico que criou o icónico MINI, é o protagonista nesta intervenção de grandes dimensões, que decorreu a céu aberto. A obra foi desenvolvida no topo de um silo-automóvel abandonado, em Lisboa.

A obra, com uma dimensão de 30x70m, recorre a uma técnica inovadora chamada “Grid Job”, que Vhils tem vindo a explorar e em que faz uso de pequenas pedras de brita distribuídas de forma a arquitetar uma composição específica. Ao todo foram usadas 20 toneladas de pedra para dar forma a esta gigante produção artística.

Sir “Alec” Issigonis – Alexander Issigonis de seu nome – nasceu a 18 de novembro de 1906, no então Império Otomano. Mudou-se com a sua família para o Reino Unido em 1923 e foi em terras britânicas que a sua relação à indústria automóvel se afirmou.

O engenheiro e designer chegou a competir em corridas de automóveis nas décadas de 1930 e 1940. Em 1959, foi revelado ao mundo o modelo inovador que o consagraria. O MINI original tornou-se um sucesso de vendas e um dos automóveis mais influentes da história da indústria, com os seus traços ainda hoje a servirem de inspiração para os modelos icónicos da MINI. A designação de Sir foi-lhe atribuída em 1969, quando foi então condecorado pela Rainha Isabel II.


Concebida para incorporar uma escala monumental e criar um diálogo explícito com o tecido urbano, esta intervenção de Vhils possui também a particularidade de ser apenas decifrável quando vista à distância, estabelecendo um paralelismo com a ideia de que as grandes conquistas não pertencem apenas a quem lhes dá a cara, mas também a todas as pessoas que contribuem para a sua concretização.

“Da conceção aos materiais usados, até à execução, a obra de Vhils encapsula a irreverência, inovação e atenção ao detalhe que são traços fundadores da MINI.”, realça Gonçalo Empis, Head of MINI Portugal. “Estamos muito orgulhosos do resultado final. Sir Alec Issoginis simboliza o impacto duradouro que a criatividade pode ter e a forma como Vhils o homenageou reflete a visão da MINI de como a arte urbana, a sustentabilidade e a diversidade contribuem para cidades mais vibrantes.

"Esta intervenção artística, um impactante retrato feito a partir de pequenas pedras de brita, homenageia uma figura central da história do MINI. Um tributo, que é também uma original interação com o espaço urbano, e que vai ao encontro de valores inerentes à MINI como a inovação, a criatividade e o design", refere Romain Trevisan, CEO do coletivo Cultural Affairs que reúne as insígnias Vhils, Underdogs, Iminente e Ephemeral Ethernal.


A inauguração da nova criação de Vhils marca a mais recente iniciativa da parceria que junta a MINI com o Festival Iminente, a galeria Underdogs e o Vhils Studio. Iniciada em 2021, este ano esta parceria já deu lugar ao lançamento de uma edição exclusiva de tejadilhos artísticos MINI, assinados por artistas emergentes nacionais, bem como ao lançamento Temple of Light, de AkaCorleone, e PORT4L, de Tiago Marinho, ambos portugueses.


コメント


bottom of page