• CarlaRibeiro

Vinhos Dom Vicente distinguidos com uma dezena de prémios

Os vinhos Dom Vicente, cujo projecto foi apresentado recentemente ao mercado, acabam de ser distinguidos com uma dezena de prémios e medalhas. As distinções ocorreram em prestigiados palcos nacionais e internacionais do sector.



Os vinhos Dom Vicente, de um novo produtor do Dão que está a dar cartas no sector, António Vicente Marques, acabam de somar numa semana uma dezena de distinções. As primeiras medalhas foram anunciadas pelo International Wine Challenge (IWC), um dos mais importantes concursos internacionais do sector que premiou o vinho Dom Vicente Touriga Nacional & Alfrocheiro Reserva, 2016, com medalha de prata e 90 pontos e o vinho Dom Vicente Field Blend 2017 com medalha de bronze e 87 pontos.

O Dom Vicente Encruzado & Malvazia Fina Reserva 2017 recebeu uma medalha de ouro na edição de 2019 do Concurso Vinhos de Portugal, que se realizou em Leixões.

À semelhança das edições anteriores, o concurso organizado pela ViniPortugal teve uma primeira fase realizada no CNEMA, em Santarém, na qual cada vinho foi apreciado em prova cega por um júri composto por especialistas nacionais e internacionais, entre enólogos, jornalistas, sommeliers e outras entidades ligadas ao vinho. Com base nas escolhas feitas na primeira fase, o Grande Júri, composto por Dirceu Vianna Júnior, do Reino Unido, Evan Goldstein, dos EUA, Thomas Vartelaus, da Suíça, Bento Amaral e Luís Lopes, presidente do concurso, escolheu os grandes vencedores do Concurso Vinhos de Portugal.

O Dom Vicente Touriga Nacional & Alfrocheiro Reserva, 2016 foi distinguido com medalha de prata no Concours Mondial de Bruxelles.

A Comissão Vitivinícola Regional do Dão atribuiu duas medalhas de ouro, uma ao Dom Vicente Branco Malvasia Fina 2018 e outra ao Dom Vicente Branco Encruzado 2018.

De Inglaterra chegaram mais três medalhas pela Decanter World Wine Awards, uma das maiores e mais influentes competições de vinhos do mundo. O Vinho Dom Vicente Syrah 2017 e o vinho Dom Vicente Reserva Touriga Nacional-Alfrocheiro 2016, receberam 92 pontos e foram distinguidos com medalhas de prata pela Decanter World Wine Awards.

Um terceiro vinho, o Dom Vicente, Reserva Unoaked Encruzado 2017, foi distinguido com medalha de bronze e 86 pontos. A Decanter World Wine Awards é realizado pela revista inglesa Decanter desde 2004 e é considerado o maior e mais respeitado concurso de vinhos do mundo.  

O produtor e o projecto

Quem é António Vicente Marques?

Do sonho à concretização. António Vicente Marques é um filho do Dão. As suas raízes estão ali e as memórias de infância também. A relação afectiva e de admiração que sempre nutriu pelos avós Amélia e Manuel Vicente permanecem muito vivas até aos dias de hoje. Lembra-se, como se fosse ontem, de alguns momentos memoráveis, do sabor do chouriço conservado em pote de azeite, da azáfama quase frenética das vindimas ou do frio que fazia quando ajudava na colheita da azeitona.



No coração guardou a generosidade sem fim dos avós e a sabedoria do avô Vicente, um homem que experimentou o Brasil e a França, mas que optou por viver feliz por entre a rudeza das pedras de granito que caracterizam a região. Depois da sua formação em Direito, pela universidade de Coimbra, e de ter

conseguido edificar um projeto de advocacia de sucesso, com escritórios em vários países e clientes dos cinco continentes, chegou a hora de realizar na sua região aquilo que nela sempre sonhou construir. Fazer um regresso às origens e concretizar o improvável.

«A marca Dom Vicente – a nossa principal marca – é uma sentida homenagem ao avô – Manuel Vicente. Beirão dos quatro costados, um homem cuja nobreza de caráter e personalidade singular muito contribuiu para despertar em mim o gosto pelo campo, pela natureza, pela sua harmonia e pelos seus frutos. Ele a avó Amélia são grandes referências da parte mais tenra da minha vida. Com eles continuo a sonhar frequentemente, como se ainda aqui estivessem. Que pena eu tenho de que não possam cá estar para poderem acompanhar, contemplar e orgulharem deste quase ainda embrionário projecto».

Este projeto é a concretização de um sonho antigo. Transformar terras abandonadas, tomadas pelo mato e muitas vezes por espécies exóticas ou infestantes, em terras produtoras de vinho, de azeite, de fruta e de queijo. «Para um projecto que se pretende financeiramente responsável, equilibrado e organicamente sustentável, não regateamos esforços para produzir produtos de excelência. Falando de números, em termos de exploração agrária, estamos neste momento a trabalhar cerca de noventa hectares no concelho de Carregal do Sal, na região do Dão, dos quais cerca de cinquenta são vinhas e cerca de sete hectares olivais. Já criámos oito postos de trabalho directos e permanentes e, muitos mais, indirectos. Nos próximos anos pretendemos continuar a crescer, plantando mais vinha e olival e aumentando o rebanho e os apiários. Uma grande parte da minha vida tem sido passada a concretizar o improvável e é este desígnio que eu almejo para o projeto Dom Vicente», explica o produtor.

www.domvicente.shop

#must #revistamust #itmustbegood #domvicente #vinhos #dao #vinhosdodao #vinhas #wine #winelovers #carregaldosal #medalhas #premios @it.must.be.good