top of page
  • Must Edição

Vista Alegre comemora 200 anos de vida e lançou Prato Calendário para assinalar esta data notável!

A Vista Alegre assinalou, no dia 5 de janeiro, o arranque das comemorações dos 200 anos da marca, numa cerimónia que decorreu na unidade fabril situada no Lugar da Vista Alegre, em Ílhavo. Uma longevidade notável que irá ser devidamente comemorada no decorrer deste ano, estendendo-se até 2025.



O evento, realizado em plena fábrica de porcelana, foi testemunhado por Nuno Terras

Marques, presidente do conselho de administração da Vista Alegre e do Grupo Visabeira,

pelos administradores da Vista Alegre Nuno Barra, Teodorico Pais, Paulo Pires, Alda Costa

e Carlos Costa, à qual também se associaram João Campolargo, presidente da Câmara

Municipal de Ílhavo, José Ribau Esteves, presidente do Município de Aveiro, Capital

Portuguesa da Cultura 2024 e diversos colaboradores da Vista Alegre.



Nesta cerimónia foi exibida a primeira peça do ano – Prato Calendário - a ser produzida na Vista Alegre, apresentando na sua decoração um conjunto de elementos ilustrativos da história da marca fundada em 1824 por José Ferreira Pinto Basto.



A par das muitas iniciativas que irão ter lugar para assinalar uma história exemplar,

feita de ousadia, coragem, ambição, determinação, trabalho e perseverança, a Vista Alegre

irá lançar um conjunto de peças que honram a sua memória, fazendo a ponte entre

o passado, o presente e o futuro da marca. Todas as peças produzidas e lançadas

no decorrer deste ano terão o selo dos 200 Anos da Vista Alegre, que assinala

as comemorações desta importante data e dão a estas peças um cunho muito especial.

A identidade celebrativa dos 200 anos da Vista Alegre, através da incorporação do símbolo

do infinito, comunica que a marca continuará a fazer história, projetando-se no futuro.

Esta cerimónia que assinalou a primeira etapa fez-se através de uma jornada sensorial, única

e original, sob o ponto de vista da primeira peça da Vista Alegre produzida em 2024.

Durante esta experiência, foi possível testemunhar tudo o que a peça ‘’vê’’ ao longo

do percurso, desde a sua criação, passando por todas as fases de produção, manufatura

e pintura, até ao momento em que emerge do forno e se revela ao mundo.




Do conjunto de ações previstas no âmbito das comemorações destacamos, a exposição

no Palácio Nacional da Ajuda, o lançamento de quatro selos comemorativos, a exposição no

Museu Vista Alegre, o lançamento da música oficial dos 200 anos, um documentário produzido para televisão sobre a história da Vista Alegre, o lançamento do livro comemorativos dos 200 anos, entre muitas outras ações que serão comunicadas ao longo do ano.



Prato Calendário

O colecionável Prato Calendário de 2024 não podia deixar de aludir ao bicentenário

da Vista Alegre, que se celebra este ano. Assinalando, em simultâneo, a transitoriedade

do tempo e a intemporalidade da criatividade e da arte, o Prato Calendário Duck Time

projeta-nos no futuro ao evocar momentos emblemáticos da história da marca.

Na visão surrealizante e original de Alessandro Lecis e Alessandra Panzeri, o pato é figura

central. Ave migratória símbolo de viagem, espírito destemido e resiliente, movendo-se nos elementos Terra, Água e Ar, este animal alude também à mascote que, conta-se, serviu de modelo aos primeiros artistas da Vista Alegre. Como pano de fundo, em movimento perpétuo e sob o olhar atento de José Ferreira Pinto Basto, elementos figurativos e simbólicos compõem uma narrativa multicronológica que se desenrola num mesmo espaço. Dos camelos, que transportaram a produção de porcelana para os núcleos urbanos, ao primeiro corpo de bombeiros particular, da introdução do futebol em Portugal ao empreendedorismo comercial do empresário fundador da fábrica e seus descendentes, representado pelos vários navios mercantes.



A identidade dos 200 anos da Vista Alegre

Ao longo das celebrações, e nos seus diferentes suportes de comunicação, a Vista Alegre

irá utilizar uma imagética muito baseada em texturas matéricas oriundas dos contextos

de produção das suas peças – pastas, vidrados líquidos, aparas, etc. que, por seu lado,

irão conviver com um conjunto diversificado de desenhos e pinturas desenvolvidos

pela manufatura que, neste legado de 200 anos se tem caracterizado pela delicadeza

da pincelada dos seus artistas.



Fábrica de porcelana fundada em 1824, em Ílhavo

A fábrica de porcelana Vista Alegre foi fundada em 1824, em Ílhavo, distrito de Aveiro.

Ao longo do seu percurso, a marca esteve sempre intimamente associada à história e à vida

cultural portuguesa, e adquiriu uma notoriedade internacional ímpar. Em 2001, o Grupo Vista Alegre (porcelana, faiança e grés) fundiu-se com o Grupo Atlantis (cristal e vidro feitos à mão e de elevada qualidade), dando origem a um dos maiores grupos de “tableware” e “giftware” da Europa: o Grupo Vista Alegre Atlantis. Em 2009, o Grupo Vista Alegre Atlantis passou a integrar o portefólio de marcas do Grupo Visabeira, após a oferta pública lançada com sucesso sobre as ações da Vista Alegre Atlantis.


Todos os anos, o design da marca portuguesa de porcelana, cristal e vidro chama a atenção

dos mais prestigiados prémios de design internacionais, dos quais se destacam os German

Design Awards, LIT (Light in Theory), Good Design Chicago, Innovative Interiors, European

product Design Awards, IF, German Innovation Awards, Architecture Masterprize, German

brand awards, entre muitos outros, em países como Alemanha, Estados Unidos da América

e Itália. Contando, assim, com um considerável número de prémios na história da marca.

Grandes nomes do design contemporâneo, da pintura, escultura, arquitetura, literatura

e outras formas de arte têm emprestado o seu talento a muitas criações da marca. Siza Vieira, Joana Vasconcelos, Patrick Norguet, Ross Lovegrove, Marcel Wanders, Jaime Hayon,

Malangatana, Sempé, Brunno Jahara, Claudia Schiffer, Sam Baron, a marca francesa Christian

Lacroix e a insígnia Oscar de la Renta, são alguns dos artistas e designers que se associaram

à Vista Alegre. Os serviços Vista Alegre são usados oficialmente pelo Presidente da

República Portuguesa, pela Casa Branca, por várias Casas Reais e por muitas personalidades

de todo o mundo. A Vista Alegre fornece ainda as loiças oficiais de várias embaixadas

espalhadas pelo mundo, nomeadamente as do Brasil, Espanha e Marrocos, bem como outras

instituições públicas e privadas nacionais e internacionais. Em outubro de 2018 a Vista Alegre

foi distinguida pela Comissão Europeia com o prémio “Regiostars”, um galardão que gratifica

os melhores projetos de política de coesão na União Europeia, privilegiando projetos

inovadores e de boas práticas de desenvolvimento regional.


Saiba mais em: vistaalegre.com

Comentários


bottom of page