• CarlaRibeiro

Alice Reserva tinto 2021: um vinho em homenagem à tia-avó de Luísa e Maria

O produtor de vinhos do Porto e do Douro, Vieira de Sousa, apresenta a nova colheita do seu Alice Reserva tinto. De 2021 é a oitava edição deste DOC Douro com enologia de Luísa Borges, um dos rostos da dupla de irmãs que dá a cara a este que é um projeto familiar de cinco gerações. Preço: €9,80


A par com um branco, estão ambos sob uma marca que é um nome e um tributo à tia-avó de Luísa e Maria – Alice Vieira de Sousa –, mulher que dedicou a sua vida a manter o projeto de produção de vinho e a casa de família, mas também a ensinar crianças nas escolas de Celeirós do Douro e de aldeias próximas. Uma marca que nasceu como forma de agradecimento do importante papel que teve, na família e comunidade, e cujo rótulo é inspirado nos seus cadernos, na sua caligrafia e na primeira letra do seu nome.



A par com um branco, estão ambos sob uma marca que é um nome e um tributo à tia-avó de Luísa e Maria – Alice Vieira de Sousa –, mulher que dedicou a sua vida a manter o projeto de produção de vinho e a casa de família, mas também a ensinar crianças nas escolas de Celeirós do Douro e de aldeias próximas.


Uma marca que nasceu como forma de agradecimento do importante papel que teve, na família e comunidade, e cujo rótulo é inspirado nos seus cadernos, na sua caligrafia e na primeira letra do seu nome.


O Alice Reserva tinto 2021 resulta de um blend de castas tipicamente durienses, de onde se destacam a Touriga Nacional, a Touriga Francesa, a Tinta Roriz e a Tinta Barroca, entre outras. As uvas são provenientes das várias vinhas da família Vieira de Sousa, todas situadas na sub-região do Cima Corgo.



Com mais de 20 anos de idade, estas vinhas estão, na sua maioria, plantadas a nascente, imprimindo frescura e equilíbrio naturais às uvas e, por conseguinte, ao vinho. Estamos perante um tinto bastante elegante, com aromas ricos a fruta fresca, notas florais e de especiarias. Na boca, revela concentração, mas com equilíbrio e frescura.


Vindimadas à mão, as uvas passaram por dois processos de seleção: na vinha, aquando do corte, e à chegada à adega, na mesa de escolha. Foram desengaçadas e a fermentação alcoólica decorreu, de forma espontânea, em cubas de inox, sempre acompanhada por uma extração lenta e cuidada, com controlo de temperatura. O Alice Reserva tinto 2021 estagiou em barricas de carvalho francês usadas, durante oito meses, tendo sido engarrafado em setembro de 2022.

#Must #itmustbegood #AliceReservatinto2021 #AliceReservatinto #vindima #enóloga #LuísaBorgesVieiradeSousa #colheita #tinto #Wine #winelover #winetasting #winery #winetime #Winestagram #wineglass #winelife #winewednesday #winenight #winetour #WINENOT #winecellar #winerylovers #winebottle #winemaker #wineblog #winesofinstagram #winelove #PortugueseWines