top of page
  • Must Edição

Cuidado com as infeções urinárias: causas, sintomas e tratamentos

O verão traz longos dias na praia, corpos bronzeados e, infelizmente para algumas pessoas, infeções urinárias. Conhecer os fundamentos da anatomia feminina ajuda a perceber porque algumas pessoas têm mais tendência para experienciar sintomas desta infeção na bexiga, especialmente durante os dias quentes de verão.



A INTIMINA, marca que oferece a primeira gama de produtos dedicados ao cuidado da saúde íntima feminina, partilha um guia sobre as causas, sintomas e tratamentos.

Noções básicas de anatomia

O pavimento pélvico feminino é composto por três aberturas muito próximas: a uretra, a vagina e o ânus. A uretra feminina é relativamente curta e se as bactérias se aproximarem muito, rapidamente chegam à bexiga.


Infeções do Trato Urinário (ITU)

As Infeções do Trato Urinário (ITUs) são quase sempre causadas por bactérias e referem-se a infeções em qualquer parte do trato urinário (rins, ureteres, uretra e bexiga), mas a infeção da bexiga, também conhecida como cistite, é a mais comum. Não só é a mais comum das ITU, mas também uma das infeções mais comuns entre as mulheres (1 em cada 2 mulheres terá uma infeção urinária pelo menos uma vez na vida). As ITU são causadas, principalmente, pela Escherichia coli, uma bactéria que geralmente se encontra nos intestinos. Devido à uretra e o ânus estarem muito próximos, a bactéria não precisa de percorrer um longo caminho até à bexiga. A primeira linha de defesa é a microbiota vaginal, um conjunto de microrganismos (Lactobacilos) que vive de forma natural na vagina, cuja função é desempenhar uma barreira defensiva contra as células menos benéficas.

ITU no verão

Na praia ou na piscina, não é por acaso que devemos trocar de fato de banho quando está molhado. Quando molhados, os fatos de banho retêm a humidade ao redor da vulva. A vulva é um lugar muito delicado, que requer um equilíbrio – ar suficiente, microbiota saudável e cuidados delicados. Um fato de banho, geralmente, não é tão respirável, retendo assim o ar e, quando molhado, retém a humidade, um local perfeito para o crescimento de fungos. Fungos, como Candida spp., normalmente vivem na vagina e são uma parte normal da microbiota vaginal. Mas quando as condições são propícias (como um fato de banho molhado), cresce de forma desproporcional e começa a causar problemas. Esses problemas apresentam-se de forma semelhante ou, às vezes, com os mesmos sintomas de uma infeção urinária. Outra questão a ter em conta é que quando há um desequilíbrio na microbiota vaginal, há uma maior possibilidade de aparecimento de infeções.


Comments


bottom of page