top of page
  • Foto do escritorbegoodmust

O vinho que pretende homenagear a Casa Museu José Maria da Fonseca

Lançado em 2018, o JMF Reserva Tinto é um vinho que pretende homenagear a Casa Museu José Maria da Fonseca, construída em Vila Nogueira de Azeitão no século XIX e restaurada em 1923 pelo arquiteto suíço Ernesto Korrodi. Com a sua fachada retratada nos rótulos da gama JMF, é o local onde se encontram as antigas Adegas e aonde se dá a conhecer o trabalho de sete gerações.


A colheita de 2021 do JMF Reserva Tinto é produzida com as castas Castelão e Touriga Nacional e estagia durante 6 meses em barricas de carvalho francês e americano, apresentando um perfil frutado e suave com um final de prova persistente.

Com uma longevidade que pode durar até 4 anos após o engarrafamento, este tinto produzido na Península de Setúbal revela uma cor vermelha. No nariz, as notas de café torrado surgem na primeira impressão, mas depois, os frutos vermelhos e a groselha preta aparecem, culminando nos aromas florais provenientes da Touriga Nacional.

De paladar fresco e com taninos presentes e macios, o JMF Reserva Tinto acompanha bem com pratos de aves, caça e queijos. Deve ser servido a uma temperatura de 14ºC e consumido a 16ºC. Preço: 4,99€

Comments


bottom of page