top of page
  • Foto do escritorbegoodmust

Roda de choro e buffet de feijoada na Toca dos Trovadores em Sintra

Na TOCA DOS TROVADORES, o Buffet é de Feijoada à brasileira... e há RODA DE CHORO! Acontece no domingo, 23 de julho, a partir das das 13h!


TOCA DOS TROVADORES, RODA DE CHORO

Quem vai cozinhar é a Maria das Graças, atriz brasileira há muito radicada em Portugal e especialista na arte culinária do país irmão, e não só. Estamos a falar da próxima Festa Gastronómica da Toca dos Trovadores, em São Pedro de Sintra, que no dia 23 de julho terá um Buffet de Feijoada à brasileira, acompanhado musicalmente pela Roda de Choro de Lisboa.


Recentemente inaugurada, a Toca dos Trovadores reafirma o seu conceito de Cozinha & Música, desta vez numa noite brasileira, mas com futuras programações dedicadas também a Angola e Cabo Verde.


Mantendo a atmosfera rústica/romântica que é a marca registada dos restaurantes anteriores do Grupo (Taverna dos Trovadores e Sabores de Sintra), a Toca dos Trovadores aposta em grelhados a carvão e pratos como o Bacalhau Gratinado com Espinafres e crosta de Broa, o Caril e o Risoto de Gambas, o Polvo à Lagareiro com Batata a Murro, o Pernil de Porco assado no forno com Batatinhas e a Posta Mirandesa, além de uma Carta de Peixes para grelhar e uma outra Carta, a de Petiscos.



O horário, de segunda-feira a sábado, estende-se ao longo de todo o dia, com almoços e jantares das 12h00 às 22h00. Aos domingos, das 12h00 às 16h00.


Para além da sala interior (com 45/50 lugares), há também uma esplanada para aproximadamente 150 pessoas, com elementos rústicos (como uma antiga fonte a "refrescar" a vista), um espaço privilegiado para eventos musicais e fins de semana temáticos.


Com estas iniciativas, os restaurantes de Fernando e Susana Pereira são protagonistas atuais do que de melhor acontece no país na fusão entre a gastronomia tradicional e a música de qualidade em língua lusófona.



"A Roda de Choro de Lisboa é um projeto que envolve músicos portugueses e brasileiros e baseia-se no repertório clássico, respeitando a sua linguagem singular, mas com algumas surpresas. Ritmos tipicamente portugueses, como o corridinho e o fado, também são trabalhados de forma a realçar esta proximidade entre as linguagens lusófonas. Nas suas apresentações, a Roda procura recriar o espírito do Rio dos nossos avós. Os músicos vestem-se a rigor e interpretam músicas de Pixinguinha, Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo e muitos outros que contribuíram para a construção desta linguagem musical."


Integram o grupo: João Pedro Santos – Clarinete / Edu Miranda – Bandolim e Cavaquinho / Carlos "bisnaga" Lopes – Acordeão / Nuno Gamboa – Violão de 7 cordas / Alexandre "barriga" Santos – Percussão.


Nota: O choro, ou chorinho, tem origem no Rio de Janeiro. A chegada da corte portuguesa a esta cidade em 1808 foi o ponto de partida para este género musical, que uniu as danças de salão europeias em voga (polcas, mazurcas, valsas, scottish) com o lundum e a modinha. Segundo especialistas, o choro é primo direito do fado, morna e também do tango, pois partilha várias influências fundamentais com estes géneros.


TOCA DOS TROVADORES

Rua 1º de Dezembro, nº 16 / 18, Chão de Meninos

2710-497 São Pedro de Sintra

Contacto para reservas: 96 444 29 69


Comments


bottom of page