top of page
  • Foto do escritorbegoodmust

Um rooftop que conjuga gastronomia, atividades desportivas, arte e cultura

Atualizado: 13 de jul. de 2022

O IDB Lisbon - Innovation & Design Building Lisbon, antigo edifício Entreposto, irá inaugurar na próxima quinta-feira, 14 de julho, um rooftop que trará à capital uma nova experiência de lazer, integrada num centro de inovação e design emergente. Criado pela Jamestown, o novo terraço panorâmico com mais de 3.000 m2, localizado no topo do edifício, vai até final do mês de novembro dinamizar a zona oriental da cidade (Olivais, Parque das Nações, Encarnação, Moscavide, etc.) com a conjugação, num só espaço, de gastronomia, atividades desportivas, arte e cultura.



Em funcionamento de quinta a domingo, o novo IDB Rooftop é um espaço inovador e multifacetado, cujo conceito tem a curadoria e foi desenvolvido pela empresa World of Os, e onde todas as pessoas poderão desfrutar de uma experiência diferenciadora e até então inexistente nesta zona da capital. O novo terraço é reflexo do conceito criativo que a Jamestown tem vindo a desenvolver, nos últimos anos, nos edifícios de escritórios que tem adquirido e remodelado. É um espaço inclusivo, direcionado para o público local, com uma oferta diversificada e original que reflete o espírito de um verdadeiro community hub.


Para assinalar a sua abertura oficial ao público, o IDB Rooftop terá no dia da sua inauguração ao público (14 de julho), a partir das 17 horas, a atuação dos DJ’s Shaka Lion e DJ Kwan, sessões de live painting pelos artistas Los Pepes e Malibu Ninjas, e demonstrações de skate e de patins em linha, os últimos com curadoria do coletivo Crack Kids.

Panquecas japonesas okonomiyaki e brunch

Um dos destaques deste novo espaço da capital será a sua zona de restauração, cuja carta é assinada pelo conhecido chef de cozinha brasileiro Dedé. O menu será composto por várias sugestões gastronómicas internacionais, versáteis e práticas, entre as quais se destacam as conhecidas panquecas japonesas okonomiyaki. Aos domingos é possível optar por um brunch, composto por sugestões que fazem parte do menu definido pelo chef.


Amantes de skate

Em termos de atividades desportivas, os amantes de skate encontrarão no IDB Rooftop rampas e obstáculos. Embora exista já em Lisboa uma vasta oferta de pistas/rampas de skate em espaços exteriores, estas rampas serão as primeiras a existir num rooftop, o que permitirá aos seus adeptos, tanto adultos como crianças, ter uma experiência diferente.


Para quem gosta de correr

Será possível fazê-lo também a partir de uma pista específica para este efeito, que será partilhada com quem quiser andar de skate. O chão desta pista, bem como alguns elementos que fazem parte do chão das rampas de skate, exibirão vários desenhos e motivos com recurso a cores fortes, cuja curadoria é da responsabilidade do coletivo artístico de identidade múltipla, Crack Kids, concretamente executados pelos artistas João is Typing, Kampus e Malibu Ninjas.



Ilustrações que contam a história de Lisboa

Em termos de oferta artística, o IDB Rooftop terá patente ao público uma parede, com cerca de 40 metros de comprimento, cuja criatividade foi desenvolvida pelo duo de artistas Los Pepes. O trabalho dos artistas integra várias ilustrações que contam a história de Lisboa, enquanto cidade das setes colinas, e as sensações que o IDB Rooftop poderá proporcionar, através de várias cores e padrões, criadas sobre uma das paredes do terraço.


Espaço promotor da arte nacional

Em consequência da parceria com a Câmara Municipal de Lisboa/MUDE - Museu do Design e da Moda, inaugura, no dia 20 de julho, a próxima exposição do MUDE FORA DE PORTAS, intitulada “O mundo vai continuar a não ser como era! - 100 anos de design gráfico na Coleção Carlos Rocha”. Num espaço contíguo ao rooftop, a mostra gráfica irá estar patente até 27 de novembro, reunindo uma seleção de obras que evidenciam as grandes mudanças na vida quotidiana em Portugal e os seus diferentes contextos políticos e socioeconómicos, desde 1930 até ao início do século XXI.


A aposta da Jamestown nesta colaboração com o MUDE – Museu do Design e da Moda realça a estratégia definida pela empresa em tornar o IDB Lisbon num espaço promotor da arte nacional, evidenciado, também, pelo conjunto de instalações artísticas presentes no edifício que fazem parte do Collision Project. Fundado em Brooklyn, e presente na Europa desde 2020, o Collision Project é uma plataforma de colaboração de artistas e visionários onde estes expressam as suas ideias através da utilização do espaço construído como tela, tornando a arte numa experiência.


Integrado no conceito deste projeto, o IDB Lisbon conta, atualmente, com um mural criado pela artista e ilustradora portuguesa Kruella D’Enfer, intitulado Transitory Beings, onde é feita a interligação com os vários elementos que o integram à medida que o visitante o percorre, permitindo-lhe, também, fazer parte do mural, como ser transitório que é. O mural faz referências ao mar e à terra, bem como a portas que remetem para outro universo.

O IDB Rooftop contará ainda, na sua programação cultural, com o contributo do Letreiro Galeria, que irá inaugurar a 14 de julho neste novo espaço do IDB Lisbon a sua instalação “Estabelecimentos - Exposição de Letreiros Comerciais, século XX”, a primeira a ser realizada em espaço exterior. O projeto tem vindo, desde 2014, a resgatar letreiros luminosos desativados das fachadas de alguns edifícios em Lisboa, convertendo-os em instalações que contam a história da cidade através de um património gráfico único que atualmente está em desuso. Estão previstas novas ativações no espaço para setembro.


Horário de funcionamento:

Quinta-feira, das 12h00 às 21h00

Sexta-feira, das 12h00 às 22h00

Sábado, das 12h00 às 22h00

Domingo, das 12h00 às 20h00

Segunda, terça e quarta-feira, encerrado.


Comments


bottom of page