top of page
  • begoodmust

Tem mais de 50 anos e quer encontrar o amor? Este site é para si!

O Felizes.pt, site português de encontros, mostra que é possível encontrar o amor depois

dos 50 anos. Conta já com mais de 100 mil utilizadores inscritos na plataforma dentro

desta faixa etária e vários casos de sucesso.



Encontrar um companheiro para a vida não é tarefa fácil e, quer queiramos quer não, à medida que a idade avança e ficamos mais seletivos, torna-se mais difícil essa procura.

“Há uns anos seria uma opção praticamente impossível. Nas gerações anteriores nada estava à frente da família e se o casamento por acaso não desse certo ou a pessoa enviuvasse, em vez de se começar algo novo, era preferível dar por concluída essa fase da vida e dedicar-se aos filhos e netos. Hoje em dia, a mentalidade é diferente e a abertura para ir em direção ao desconhecido é cada vez maior”, comenta Rui Sousa, fundador do Felizes.pt.


A ajudar nas estatísticas da procura de amor através da Internet estão os números de aumento de divórcios nas faixas etárias mais velhas. A American Association of Retired Persons, que se dedica à investigação de pessoas com mais de 50 anos, levou a cabo o estudo “The Divorce Experience: A Study of Divorce at Midlife and Beyond” onde foi possível concluir que 66% das mulheres inquiridas tinham iniciado o divórcio, contra 41% dos homens, sendo que 73% dos participantes na pesquisa divorciaram-se entre os 40 e os 49 anos, 22% entre os 50 e os 59 e 4% com 60 anos ou mais.


Já em Portugal, no Censos 2021, a categoria de estado civil “divorciado” foi assinalada por 8,0% dos residentes em Portugal, um aumento de dois pontos percentuais relativamente aos Censos anteriores. Portugal continua a ter uma população maioritariamente solteira, onde se registaram 43,4%. Os casados, com 41,1 %, estão a perder terreno para os divorciados. Há mais homens solteiros do que mulheres e, em média, os homens casam mais tarde, com 35 anos, já as mulheres aos 33 anos.


Estar apaixonado não é, nem deve ser, um privilégio apenas dos jovens casais Segundo vários testemunhos, a experiência de se apaixonar numa idade avançada, proporciona muitos benefícios, desde melhorias na autoestima e da depressão ao surgimento de perspectivas futuras até então desconhecidas.

“Obrigado a vocês "Felizes" pela oportunidade que me deram, pois encontrei uma pessoa

compatível comigo. Uma pessoa excepcional, que fala a minha língua, que me completa, a

minha alma gémea, o homem dos meus sonhos. Obrigada!”, diz Ana Sintra, 51 anos, utilizadora do Felizes.pt.



Envelhecer não tem de ser sinónimo de adoecer, porém o processo de envelhecimento exige a mudança de hábitos de vida e de comportamentos no dia a dia, e mais do que nunca é

necessário estar atento aos sinais do corpo, à saúde mental e espiritual. É aqui que entram o

amor e a paixão, que podem trazer um boost e que, na maior parte dos casos, são um fator

determinante na qualidade de vida das pessoas.

"Finalmente encontrei o amor da minha vida, ao fim de 50 anos de procura, graças ao "Felizes". Estamos juntos há 6 meses e com perspectivas de um futuro em comum que, espero, desta vez seja mesmo ‘para sempre’.”, diz Teresa, 85 anos, utilizadora do Felizes.pt.


Já passaram pelo Felizes mais de 540 mil utilizadores. Criado em 2014, pretende proporcionar um espaço para namoro ou amizade e tem como missão fazer frente às plataformas de encontros já existentes no mercado, no sentido de desenvolver uma solução para aqueles que procuram relacionamentos sérios e duradouros. Um dos seus focos está, precisamente, em oferecer uma solução para quem procura o amor numa idade mais avançada.


Website: www.felizes.pt

Facebook | Instagram


#MUST#itmustbegood #siteamor #felizessite #amor #paixao #amordepoisdos50 #relaçoes #afetos #Siteportuguêsdeencontros #pessoasacimados50anosaencontraroamor #relacionamentossérioseduradouros


bottom of page