top of page
  • Must Edição

Descubra tudo sobre os Vinhos Verdes com caminhadas, provas e piqueniques na vinha!

A 2 de setembro, entre as 10 e as 19 horas, a Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) promove mais uma edição do “Dia de Portas Abertas”, durante o qual 14 aderentes da Rota dos Vinhos Verdes preparam programas e atividades para receber os visitantes em vários pontos da Região.


Das caminhadas na vinha às provas de vinhos, dos passeios de comboio turístico aos piqueniques na vinha, é possível escolher diferentes roteiros e conhecer o modo de vindima e de produção vinho nas várias sub-regiões. Algumas quintas promovem atividades gratuitas no “Dia de Porta Abertas”, recomendando-se a inscrição prévia para os diferentes aderentes em www.vinhoverde.pt

São vários os programas destinados aos consumidores de Vinho Verde que dão a conhecer os vários perfis de vinhos da Região e promovem o contacto direto com os produtores: A&D Wines – Quinta de Santa Teresa (Baião), Adega de Monção (Monção), Casa da Tojeira (Cabeceiras de Basto), Quinta da Lixa/Monverde Wine Experience Hotel (Amarante), Palácio da Brejoeira (Monção), Quinta da Raza (Celorico de Basto), Quinta de Lourosa (Lousada), Quinta de Santa Cristina (Celorico de Basto), Quintas de Melgaço (Melgaço), Quinta de Soalheiro (Melgaço), Quinta de Tamariz (Barcelos), Quinta das Arcas (Valongo), Edmun do Val (Valença do Minho) e Quinta da Aveleda (Penafiel) são os pontos de paragem obrigatória no primeiro sábado de Setembro.

“O Dia de Portas Abertas é o momento em que, anualmente, a Rota dos Vinhos Verdes se mostra ao público com atividades de várias quintas em simultâneo, propondo experiências e atividades variadas que permitem descobrir mais sobre os produtores da Região. No primeiro sábado de setembro, mesmo em vésperas da azáfama da vindima, há programas para famílias e para enófilos, mostrando o enoturismo como uma proposta de lazer para diferentes gostos”, salienta Dora Simões, Presidente da CVRVV.

A Rota dos Vinhos Verdes abrange 48 concelhos no Noroeste de Portugal, nos quais o Vinho Verde serve de mote para partir à descoberta de quintas, adegas, restaurantes, unidades de alojamento e empresas de animação turística que oferecem diversas propostas de atividades e itinerários, proporcionando experiências culturais associadas à temática do vinho.

Comentarios


bottom of page