• begoodmust

Cocktails para todas as ocasiões: Cítricos ou picantes, tradicionais ou singulares

Para fazer e beber em casa ou para desfrutar no conforto de um hotel, não faltam sugestões de cocktails que fazem companhia aos dias longos e soalheiros de verão.


No DOMES LAKE ALGARVE, que em abril deste ano reabriu sob a gestão do grupo grego Domes Resort, o espírito mediterrânico deste cinco estrelas algarvio mergulha a fundo na arte da mixologia, com cocktails que, já sendo uma preferência dos hóspedes, se adequam a diferentes momentos do dia.




Seja disso exemplo o alternativo La Dolce Vita, que tem sido escolhido para anteceder o momento do almoço ou do jantar: à base de gin soma-se Campari, Limoncello, maracujá e sumo de toranja rosa. Mas outras sugestões prometem esfriar as altas temperaturas. O Ginger Collins, com gin, limão, gengibre e limonada, revela-se refrescante ao mesmo tempo que desperta os sentidos com as notas de pimenta – em jeito de harmonização, aconselha-se a beira da piscina do Domes Lake Algarve.

RSVP e Tricky Tiki são outras duas opções a ter em conta. O primeiro tem no rum a estrela principal que, neste registo, coexiste com sabores mais terrosos, mas também notas de pêssego, abacaxi e morangos que dão o toque final. O segundo funciona como uma bebida de boas-vindas: dá protagonismo a um blend de runs envelhecidos que surge entrelaçado com sabores achocolatados e de especiarias, aos quais se adiciona lima fresca, maracujá, pepino e cerveja de gengibre.

Atravessando o Atlântico rumo às ilhas, também o ALLEGRO MADEIRA, do Barceló Hotel Group, aposta nos cocktails, dando um inegável protagonismo aos ingredientes locais através das suas sugestões: da clássica Poncha Regional, concebida a partir de sumo de limão, sumo de laranja, aguardente de cana da Madeira e mel, ao Nikita, que resulta de uma combinação singular (gelado de baunilha, refresco de maracujá, cerveja, rodela de ananás e gelo picado).


Já na capital, o BAHR, no Bairro Alto Hotel, aposta no cocktail Resilience, criado pelo bartender Tiago Santos. Bitter de noz moscada, licor de figo Fígaro, cordial caseiro e Rémy Martin VSOP compõem esta proposta que pode ser bebericada no restaurante deste hotel cinco estrelas, que vai ao encontro do casario lisboeta e do rio Tejo.

Também o CONVENTO DO SEIXO BOUTIQUE HOTEL & SPA é uma paragem obrigatória neste périplo pelos cocktails, com destaque para o Daiquiri de Morango, feito com rum, sumo de limão e, claro está, morangos.


Frescos, cítricos e até invulgares, os cocktails são indispensáveis à temporada do pé na areia ou mergulhado na água da piscina, mas podem ser feitos e degustados no conforto de casa. A JOSÉ MARIA DA FONSECA sugere ainda um conjunto de cocktails feitos com Alambre Moscatel de Setúbal, fáceis de fazer e com recurso a ingredientes saudáveis e frescos – são eles o Azeitão, Ginger, On the rocks, Canela, Lima Limão e Tónico. Também o icónico whisky escocês CUTTY SARK ORIGINAL, reconhecido mundialmente, está na origem de quatro cocktails refrescantes: Perfect Serve, Affini-Tea, Cutty Cobbler e Chamomile Clipper. As receitas seguem no comunicado em anexo.



#Must#ItMustBeGood #cocktails #verao #bebidas #sol #calor #Cítricos #picantes #cocktailsdeverao #tradicionais #singulares