top of page
  • Must Edição

Feijoada e festival de vinho são as delícias de inverno do  Palaphita em Cascais

Misturas acolhedoras para os dias mais frios. É esta a aposta do Palaphita para a sua ementa de inverno. Assinado pela chef Natacha Fink, o novo menu está de acordo com as mudanças estruturais no eco-lounge de Cascais.



O restaurante fez um alto investimento para see tornar ainda mais aconchegante. Agora conta com três domes, duas tendas e 86 lugares cobertos. Além disso, há mais mantas e aquecedores, que juntamente com a comida deliciosa e do visual deslumbrante, ajudam os clientes a terem uma experiência inesquecível mesmo nos dias mais frios. 

 

“Este menu de inverno prioriza o que dá mais conforto e calor. Estamos a resgatar uma preparação afro-brasileira, o bobó de camarão, cuja base é a raiz da mandioca, o alimento número um dos povos tradicionais da Amazónia. Junto vêm os maravilhosos camarões do Atlântico”, conta a chef Natacha Fink.

 



O porco preto é a estrela do estufadinho do Pala (estufado de porco preto no vinho, servido com purê supercremoso de batata doce roxa e farofa de banana-pão da Madeira). O novo bacalhau do Palaphita é desenvolvido com dois ingredientes tradicionais portugueses: o próprio bacalhau e queijo da Serra da Estrela. Completam a seleção da estação, o bobó de camarão  (com camarões refogados em óleo de palma, com leite de coco e creme de mandioca) e a moqueca vegana (banana-pão, vegetais da horta, leite de coco e óleo de palma, servida com arroz e farofa). Para entradas, há pastéis à moda brasileira com massa estaladiça com vários sabores e servido com molho picante e chutney amazônico.

 

“Trazemos à mesa do Palaphita esses pastéis dos botecos cariocas, com recheios variados de comidinhas brasileiras como o vatapá de camarão e o porco preto desfiado com banana frita”, completa Natacha Fink.

 

 O porco preto também brilha na feijoada do almoço das sexta-feiras, que custa 22 euros com buffet à discrição.

Duas novas bebidas prometem aquecer as tardes e noites no Palaphita:  O Mo-Mou-Rito (Rum branco, lima, mix de menta da horta e soda limonada) e Peregrina (Graviola amazónica e gota de rosas de jerusalém com cachaça premium).

 

Além da nova ementa, o inverno do Palaphita conta todas sexta-feiras com feijoada à moda amazónica (à discrição), ao almoço, e o Wine Fest com vinhos de altíssima qualidade de pequenos produtores portugueses, harmonizados com tapas exclusivas gratuitas..

 

O conceito de decoração do Palaphita baseia-se numa arquitetura efémera e que tem como base construções transitórias que podem modificar-se de acordo com o ambiente, que se movimentam de acordo com a disponibilidade de matérias e as intempéries de cada lugar. Aqui a natureza dita as regras do layout e da espacialidade gerada para o programa de necessidades deste eco-lounge. 



Morada:

Bosque da Casa da Guia, Avenida Nossa Senhora do Cabo 101. Cascais, Portugal

Horário de Funcionamento: 

Segunda, quarta e quinta-feira: das 12h às 22h 

Sexta-feira, sábado e domingo:  das 12h às 23h 

Terça-feira - encerrado



Comments


bottom of page