top of page
  • Foto do escritorbegoodmust

"Guerra" é a PALAVRA DO ANO 2022

Com 53% dos votos, “ guerra ” foi eleita PALAVRA DO ANO ® 2022. O vocábulo eleito, com o maior valor percentual de votos de sempre, remete-nos para a invasão da Ucrânia pela Rússia, que deu início ao maior conflito militar na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.



A segunda palavra mais votada foi “ inflação ”, com 18,8%, e a terceira foi “ urgências, ” que conquistou 6,6% dos votos. Seguem-se as palavras “rainha”, “energia”, “seca”, “abusos”, “ciberataque”, “nuclear” e “juros”, com as seguintes percentagens de votos:







A PALAVRA DO ANO ® espelha os principais acontecimentos e preocupações coletivas que marcaram 2022. A lista de 10 candidatas, que esteve em votação durante o mês de dezembro, é o resultado de mais de 7 mil sugestões recebidas em www.palavradoano.pt e das principais palavras pesquisadas ao longo do ano no Dicionário da Língua Portuguesa em www.infopedia.pt . Este permanente trabalho de observação e de acompanhamento da realidade da língua portuguesa permite à Infopédia e à Porto Editora realçar a riqueza lexical e o dinamismo criativo da nossa língua, acentuando o poder das palavras no quotidiano da sociedade.


Em 2021, “vacina” foi eleita PALAVRA DO ANO ® em Portugal, tendo sido antecedida por “saudade” (2020), “violência doméstica (2019), “enfermeiro” (2018), “incêndios” (2017), “geringonça” (2016), “refugiado” (2015), “corrupção” (2014), “bombeiro” (2013), “entroikado” (2012), “austeridade” (2011), “vuvuzela” (2010) e “esmiuçar” (2009).



PALAVRA DO ANO ® EM ANGOLA E MOÇAMBIQUE

Durante todo o mês de janeiro, os moçambicanos podem votar na PALAVRA DO ANO ® , optando entre "clandestinas", "condenados", "defesa", "fraudes", "greve", "raptos", "salários", "selagem", "sinistralidade" e "sufoco".

Os resultados da eleição da PALAVRA DO ANO ® em Angola serão divulgados pela Plural Editores ainda este mês.


Kommentare


bottom of page