top of page
  • Foto do escritorbegoodmust

O Rei Traidor

A Casa das Letras acaba de editar “O Rei Traidor”, do jornalista britânico Andrew Lownie que, com base em arquivos recentemente desclassificados, revela as ligações perigosas de Ricardo Espírito Santo com o antigo monarca Eduardo VIII, detalhando também as tentativas alemãs de recrutar o Duque de Windsor como defensor da causa nazi no verão de 1940.



Esta é uma biografia dupla do Duque e da Duquesa de Windsor, após Eduardo VIII ter, a 11 de dezembro de 1936, abdicado à Coroa britânica por amor à norte-americana Wallis Simpson. Andrew Lownie conta os esforços, em particular de Winston Churchill, para impedir a publicação pós-guerra dos documentos alemães apreendidos, que detalhavam as intrigas nazis do antigo monarca britânico. Mas também as razões pelas quais tentou, enquanto governador das Bahamas, arquivar a investigação sobre o assassinato do seu amigo íntimo Harry Oakes, em 1943; e a extensão total da disputa com a família real britânica, baseada nas traições que remontam à falta de clareza sobre a sua verdadeira situação financeira na altura da abdicação.


“O Rei Traidor” relata a história de um casal obcecado pelo seu estatuto, beneficiando financeiramente da sua posição, enquanto se retrata como vítima através da manipulação dos meios de comunicação social.


Comentários


bottom of page