• begoodmust

Risco de demência pode ser reduzido e ‘O Clube do Cérebro’ quer ajudar

Sabe-se hoje que é possível prevenir cerca de 40% das demências, ou pelo menos atrasá-las. Como? Ao adotarem-se estratégias adequadas a cada fator de risco modificável ao longo da vida. É para informar os portugueses sobre esses fatores de risco que se podem alterar e como o fazer que a Alzheimer Portugal, com o apoio da Roche, lança ‘Ativamente - O Clube do Cérebro’, um espaço interativo no CascaiShopping, em Cascais, onde os visitantes podem aprender a reduzir o risco de desenvolver Demência.




Uma iniciativa incluída na campanha que, entre os dias 16 e 21 de setembro, vai assinalar o Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer.


Se pensarmos que as demências são atualmente a 7ª causa de morte de entre todas as doenças e uma das principais causas de incapacidade e dependência das pessoas com mais idade em todo o mundo - estima-se, no nosso país, que existam cerca de 200.000 pessoas com Demência, número que a Alzheimer Europe estima possa vir a aumentar, em 2050, para 350.000 -, percebemos que é preciso agir. É isso que se pretende com Ativamente - O Clube do Cérebro, um espaço dividido em cinco áreas diferentes - Cognitivamente, Fisicamente, Socialmente, Nutricionalmente e Musicalmente - que correspondem a um leque de estratégias que podem ser implementadas por cada um de nós para reduzir o risco de Demência.


O visitante é convidado a conhecer os fatores de risco e a aprender o que pode fazer para prevenir a Demência, de uma forma lúdica e interativa, experimentando uma série de atividades relacionadas com os diferentes temas. “Porque ainda persiste muito desconhecimento em relação às demências, nomeadamente no que diz respeito aos fatores de risco e às estratégias de prevenção, importa aumentar a literacia em saúde dos portugueses sobre este tema”, afirma Catarina Alvarez, psicóloga clínica e responsável pelas Relações Institucionais da Alzheimer Portugal.


“A mensagem principal consiste em cuidar da saúde do nosso cérebro. Para o efeito, devemos adotar vários comportamentos, nomeadamente um estilo de vida saudável que contemple uma alimentação equilibrada e a realização de atividade física adequada, assim como apostarmos na estimulação intelectual e social ao longo da vida”, acrescenta.

Mais informações estão disponíveis no website da Alzheimer Portugal ou através do Departamento de Relações Públicas: relacoespublicas@alzheimerportugal.org


#Must#itmustbegood #Riscodedemência #OClubedoCérebro #AlzheimerPortugal #saude #vidasaudavel #preveniraDemência