top of page
  • Foto do escritorCarlaRibeiro

Embarque na nova carta de verão do Catch Me inspirada nos sabores dos quatro cantos do mundo

Conhecido por ser um dos maiores palcos lisboetas sobre o rio Tejo, o Restaurante, Rooftop e Bar Catch Me convida a embarcar numa viagem gastronómica de “primeira classe”, sem sair da cidade.



O ambiente e a decoração são inspirados nos lounges de aeroporto dos anos 70 tal como o horário que permite acolher os “passageiros” a qualquer hora do dia (cozinha aberta até às 24h), todos os dias da semana, seja para uma refeição completa, um cocktail ao pôr-do-sol, um late snack ou dançar com amigos nas noites quentes.


O Chef Lucas Aaron trabalhou ao lado de Helena Rizzo, eleita melhor chef do mundo pela Restaurant, e desde 2022 é o comandante do Catch Me, trazendo na bagagem a paixão por viagens, por novas técnicas culinárias, pelos ingredientes locais, pela natureza e pelo mar.



A nova carta, inspirada nos sabores dos quatro cantos do mundo, mas de pés assentes em Portugal, introduz o Ceviche de Corvina do Tejo com “leche de tigre” e batata-doce (15,50€), a Salada Tropical de Camarão e Maracujá com abacate e manga (14€), a Moqueca Baiana, com peixe e camarão, vinagrete, arroz e farofa para duas pessoas (52€), o Tártaro de Novilho com gema confitada e pó de trufa branca servido com tostinhas fumadas (14€) e o Bacalhau à Lagareiro com pó de azeitona e pérolas yuzu (29€). De Itália chega o Tiramisu com mascarpone, bolacha champagne, café e vinho do Porto (6€). Jet lag? O chef sugere a Salty Pancake com bacon, ovo, queijo de cabra e mel (11,50€) ou a Sweet Pancake com doce de abóbora, queijo de cabra e nozes caramelizadas (9€).



Para os amantes dos clássicos do Catch Me, a tripulação informa que se mantêm na carta os famosos Dadinhos de Tapioca, o Bao do Comandante, o Arroz de Pato “Malandro”, o Frank’s Burger (alusivo a Frank Abagnale, personagem principal do filme "Catch Me If You Can"), o Tabbouleh Japonês, ou a Tarte de Amêndoa, entre muitas outras opções.



Ao balcão deste lounge e com uma das mais impactantes vistas de Lisboa servem-se os melhores cocktails da cidade pensados para receber a época estival. “Power Pineappling” integra a nova carta de mixologia com um toque de ananás, lima, hortelã e vodka (12€), ao lado de “Having a Green Affair”, uma novidade que junta Mezcal, pisco, gengibre e maçã (12€) e ainda “Getting Hot” que recebe o verão com tequila, lima, ginginha e um toque de malagueta (14€).


O espaço, projetado pelo atelier Aspa e assinado pelos arquitetos José Maria Cumbre e Nuno Sousa Caetano, foi premiado na 5ª edição dos Prémios de Arquitectura Ascensores Enor, um dos mais prestigiados da Península Ibérica. Esta distinção reflete a dedicação em criar um ambiente único, onde a arquitetura e a gastronomia se encontram em perfeita harmonia.



O Restaurante, Rooftop e Bar Catch Me tem uma capacidade total de cerca de 100 lugares sentados, distribuídos pelo balcão, zona de refeições indoor, esplanada coberta e duas varandas, proporcionando conforto e flexibilidade para todas as ocasiões. O espaço conta ainda com a possibilidade de acolher cerca de 200 lugares de pé nas noites de dança ou para quem pretende alugar para eventos. Aberto todos os dias a partir das 12h30 até às 01h00 (sextas e sábados até às 02h00) o Catch Me conta ainda com a presença regular de DJ’s sendo um dos spots favoritos da zona de Santos para dançar ou tomar um copo num ambiente cosmopolita e envolvente.


Espaço membro do Grupo Suspeitos do Costume, grupo empresarial local que detém diferentes espaços de renome em Lisboa como o Bom o Mau e o Vilão e o Eat Pray Love, o Restaurante, Rooftop e Bar Catch Me está localizado no Jardim 9 de abril, na Rua das Janelas Verdes.


Comments


bottom of page